Your browser is out-of-date.

In order to have a more interesting navigation, we suggest upgrading your browser, clicking in one of the following links.
All browsers are free and easy to install.

 
  • in vitruvius
    • in magazines
    • in journal
  • \/
  •  

research

magazines

newspaper

news

Eduardo Souto de Moura e Paulo Mendes da Rocha debaterão em painel mediado por Sérgio Parada, em novembro, no Cine Brasília.

Os arquitetos e urbanistas do Brasil, Paulo Mendes da Rocha, e de Portugal, Eduardo Souto de Moura, ambos vencedores do prêmio internacional Pritzker (o “Nobel” da Arquitetura), estarão em Brasília para participar do painel “A Contribuição da Arquitetura e do Urbanismo na Construção de Identidade Cultural da Nação”, que abre o 3° Encontro do CAU/DF. O evento terá como mediador o arquiteto e urbanista Sérgio Parada e ocorrerá no Cine Brasília, no dia 18 de novembro, às 20h.

O evento é organizado anualmente pelo Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Distrito Federal – CAU/DF e a expectativa é reunir, em dois dias, cerca de 1.300 pessoas, entre arquitetos e urbanistas, autoridades, personalidades, estudantes, representantes do universo acadêmico, empresas e entidades parceiras.

Este ano, o 3° Encontro do CAU/DF tem o apoio da Embaixada de Portugal e da Secretaria de Patrimônio Histórico Cultural do Distrito Federal. Sob o tema principal “Arquitetura Luso-Brasileira, o Encontro de Duas Culturas”, o Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Distrito Federal faz referência à magnitude da Arquitetura e do Urbanismo do Brasil e de Portugal e celebra o acordo de cooperação técnica firmado entre o CAU e o governo daquele país

Sobre o prêmio Pritzker – A premiação internacional é anual e visa honrar os arquitetos cujas obras retratam uma combinação de talento, visão e comprometimento, além de terem dado significativas e consistentes contribuições para a humanidade e para o meio ambiente por meio da arquitetura. O prêmio ganhou esse nome da família Pritzker, formada pelo patriarca Jay A. Pritzker (1922-1999) e por sua esposa Cindy. A família é dona da rede hoteleira Hyatt, e seus negócios ocupam um quarteirão da cidade norte-americana de Chicago. É ainda reconhecida por suas contribuições financeiras à educação, ciência, medicina e cultura norte-americanas.

Muitos dos procedimentos de escolha e premiação do Pritzker foram baseados nos do Prêmio Nobel. Os laureados recebem US$ 100 mil, um certificado, uma medalha em bronze, além de uma escultura do desenhista britânico Henry Moore, em edição limitada.

O arquiteto Paulo Mendes da Rocha foi agraciado com a honraria no ano de 2006. Antes dele, outro brasileiro, Oscar Niemeyer, fora premiado em 1988. Já o português Eduardo Souto de Moura recebeu o prêmio em 2011, sendo o segundo daquela nacionalidade a configurar no hall dos homenageados, após Álvaro Siza (1992).

Assim, teremos a visita de dois Pritzker a uma cidade cujos prédios cívicos foram projetados por outro. Inclusive o Cine Brasília, contemporâneo à inauguração da capital do país.

Programação

18.11.2014 - Cine Brasília

17h30 | Credenciamento

18h30–19h | Welcome Coffee

19h30 | Solenidade de Abertura:

- Arq.Urb. Alberto de Faria | Presidente do CAU/DF

- Arq.Urb. Haroldo Pinheiro | Presidente do CAU/BR

- Arq.Urb. João Santa-Rita | Presidente da Ordem dos Arquitectos de Portugal

- Arq. Urb. João Belo Rodeia | Presidente do Conselho Internacional dos Arquitectos de Língua Portuguesa (CIALP)

- Exmo. Francisco Ribeiro Telles | Embaixador de Portugal no Brasil

- José Delvinei | Subsecretário de Patrimônio Histórico-Cultural do Distrito Federal

20h | Painel “A Contribuição da Arquitetura e do Urbanismo na Construção de Identidade Cultural da Nação”

- Convidados: Arq. Urb. Eduardo Souto de Moura (Portugal) e Arq. Urb. Paulo Mendes da Rocha (Brasil)

- Mediador: Arq. Urb. Sérgio Parada

22h | Encerramento - Arq.Urb. Alberto Alves de Faria

Dois Pritzker de Arquitetura participarão do 3° Encontro do CAU/DF.

source
Julio Moreno - CAU/BR
Brasília DF Brasil

share


© 2000–2019 Vitruvius
All rights reserved

The sources are always responsible for the accuracy of the information provided