Your browser is out-of-date.

In order to have a more interesting navigation, we suggest upgrading your browser, clicking in one of the following links.
All browsers are free and easy to install.

 
  • in vitruvius
    • in magazines
    • in journal
  • \/
  •  

research

magazines

newspaper

agenda cultural

Durante o lançamento será realizada uma mesa redonda com Barbara Levi, Antonio Carlos Sant'Anna, Paulo Bruna e autores do livro Renato Anelli, Abilio Guerra e Nelson Kon

A Romano Guerra Editora apresenta a segunda edição de Rino Levi – arquitetura e cidade, livro monográfico sobre o arquiteto e primeira publicação da editora. Lançado originalmente em 2001 e esgotado há mais de 10 anos, o livro retorna com expressivo apoio da coletividade, que viabilizou a nova edição via patrocínio coletivo. 

Em sinergia com a Ocupação Rino Levi, o Itaú Cultural realiza nos dias 2 e 3 de março (segunda-feira e terça-feira), o seminário Móvel, Casa e Cidade: Arquitetura e Modernização, em parceria com a FAU-USP. No primeiro dia, das 19h às 21h, é realizado no instituto o lançamento, pela Romano Guerra Editora, de Rino Levi, Arquitetura e Cidade. 

O lançamento (Itaú Cultural, 02 de março, 19h) contará com mesa redonda formada por Renato Anelli, Abilio Guerra, Nelson Kon, Barbara Levi, Antonio Carlos Sant’Anna e Paulo Bruna, e faz parte da programação do Seminário Móvel, Casa e Cidade: Arquitetura e Modernização, que ocorre em paralelo à Ocupação Rino Levi, exposição sobre obra do arquiteto.

O livro

Resultado do doutorado de Renato Anelli, da pesquisa iconográfica da equipe liderada por Abilio Guerra e de ensaios fotográficos originais de Nelson Kon, a publicação bilíngue (português e inglês) aborda histórica e criticamente a vasta produção de Rino Levi, inserindo-o no rol dos pioneiros da arquitetura moderna em São Paulo. Suas principais obras arquitetônicas e urbanísticas estão registradas em centenas de imagens (croquis, desenhos, fotos) e informações variadas (datas, programas, dados técnicos e construtivos).

Esta segunda edição, revisada e ampliada, traz novo projeto gráfico assinado por Dárkon Vieira Roque, imagens tratadas a partir dos arquivos digitais brutos, textos revisados segundo a reforma ortográfica de 2009, além de imagens inéditas do arquivo de Kon, do Acervo Digital Rino Levi, e do acervo pessoal de Barbara Levi, filha do arquiteto.

Ao longo dos seus mais de 60 anos de atividade, o escritório Rino Levi Arquitetos Associados projetou obras de grande importância, como o Teatro Cultura Artística, Cine Ipiranga e Hotel Excelsior, Hospital Albert Einstein, edifícios Itaú e Fiesp, Sedes Sapientiae da Pontifícia Universidade de São Paulo (PUC-SP), Paço Municipal de Santo André, e fábricas para a Gessy Lever e a Siemens, destacadas em revistas especializadas nacionais e estrangeiras ao longo das décadas, muitas delas referências urbanas nas cidades onde se inserem.

O arquiteto Rino Levi

Ainda na condição de estudante de arquitetura na Scuola Superiore di Architettura di Roma, Rino Levi escreveu uma carta para o jornal paulistano O Estado de S. Paulo, publicada em 15 de outubro de 1925 com o título “Arquitetura e estética das cidades”, constituindo-se numa das primeiras manifestações por uma arquitetura moderna no Brasil. A renovação da produção arquitetônica em São Paulo, em sintonia com os novos valores da arquitetura moderna gestada na Europa, vai ter em Rino Levi uma de suas figuras mais atuantes e relevantes.

Coube a Rino Levi organizar o primeiro escritório de arquitetura no Brasil totalmente voltado para o projeto, se colocando à margem da construção quebrando a regra da época. É notória a importância da produção arquitetônica do escritório Rino Levi Arquitetos Associados, fundado em 1927. Com a participação de Roberto Cerqueira Cezar (a partir de 1945) e Luiz Roberto Carvalho Franco (1951), durante décadas, participaria de forma efetiva, na conformação urbana da cidade de São Paulo, com projetos para edifícios e conjuntos arquitetônicos que abrigavam os mais diversos programas – cinemas, hospitais, teatros, habitações, fábricas, bancos, escritórios e até complexo municipal, o Centro Cívico de Santo André, seu último projeto.

Esta produção ganhou destaque em revistas especializadas nacionais e estrangeiras. Em levantamento inicial, foram listados mais de oitenta projetos citados em importantes periódicos dos Estados Unidos, França, Inglaterra, Alemanha, Holanda, Bélgica, Áustria, Espanha, México, Venezuela, Argentina, entre outros.

Rino Levi faleceu em 1965, durante uma expedição botânica no interior da Bahia. Estava acompanhado de Roberto Burle Marx, amigo de décadas e colaborador, como paisagista e como artista plástico, de alguns de seus mais importantes projetos.

Sobre os autores

Renato Anelli é arquiteto (FAU PUC-Campinas, 1982), mestre em História (IFCH Unicamp, 1990), doutor em História da Arquitetura (FAU USP, 1995) e livre-docente (EESC USP, 2001). Professor titular do IAU USP em São Carlos e professor visitante da Columbia University de Nova York (2016). Coordenou a área de Arquitetura e Urbanismo na Fapesp (2009-18) e é conselheiro do Instituto Bardi – Casa de Vidro (desde 2006). Curador das exposições Lina em casa: percursos (Casa de Vidro, 2015) e Casas de vidro (Casa de Vidro, 2017). Autor dos livros Architettura Contemporanea: Brasile (Motta/Actes Sud, 2009), Plano e conformação da base da metrópole: redes de mobilidade paulistanas (Marca Visual, 2010) e Casas de vidro (coautoria com Sol Camacho, Romano Guerra, 2018).

Abilio Guerra é arquiteto (FAU PUC-Campinas, 1982), mestre e doutor em História pelo (IFCH Unicamp, 1992 e 2002), professor adjunto da FAU Mackenzie (graduação e pós-graduação). Com Silvana Romano Santos, é editor da Romano Guerra Editora e do Portal Vitruvius (www.vitruvius.com.br). Autor dos livros Architecture and Nature / Arquitetura e natureza (Romano Guerra, 2017, Cica Awards 2017) e organizador, entre outras obras, de dois volumes dos Textos fundamentais sobre história da arquitetura moderna brasileira (Romano Guerra, 2010). Curador da exposição Arquitetura brasileira: viver na floresta (Instituto Tomie Ohtake, 2010, Cica Awards 2011) e da série de três mostras Território de contato (com Marta Bogéa, Sesc Pompeia, 2014).

Nelson Kon é arquiteto (FAU USP, 1983) e atua como fotógrafo de arquitetura e cidades desde 1985. Colabora com diversas revistas especializadas nacionais e estrangeiras. Seus trabalhos estão publicados nos livros Nelson Kon (Senac, 2004 e Coleção Ipsis de fotografia brasileira, 2014) e expostos no CCSP (1988, 1995 e 2007), Espaço Phillips (1996), FAU USP (1998, 2000), Sesc Pompeia (1997, 2000 e 2014), Instituto Itaú Cultural (1998), Banco Real (2000), Coleção Pirelli-Masp (2005) e Arquería Nuevos Ministerios (Madri, 2008). Responsável pela documentação do patrimônio urbano brasileiro para o Iphan (desde 2008). Foi professor de fotografia na Oficina Oswald de Andrade, na Universidade Mackenzie e no Centro Universitário Senac-SP. Em 2014, recebeu o Prêmio APCA.

Sobre a Romano Guerra Editora

Editora especializada em livros de arquitetura e arte, responsável por obras importantíssimas. No mercado há mais de cinco anos, conta com uma livraria e um Portal de Arquitetura chamado “Vitruvius”, onde navegam por dia mais de nove mil leitores assíduos. Os livros publicados são Rino Levi – arquitetura e cidade (livro premiado pelo IAB-SP, lançado na Galeria SESI/FIESP, 2001), Paulo Mendes da Rocha (lançado no Masp, 2002), Metrópole (catálogo do Fórum de Debates da 5ª Bienal Internacional de Arquitetura e Design de São Paulo, lançado no Pavilhão da Bienal, 2003) e Grupo Arquitetura Nova. Flávio Império, Rodrigo Lefèvre e Sérgio Ferro (lançado no IAB-SP, 2003). Na Bienal de Arquitetura de São Paulo, promovida pela Fundação Bienal, Abilio Guerra e Silvana Romano – sócios da Romano Guerra Editora – foram responsáveis pelas Salas Especiais “Jo Coenen / Maastricht” (1997) e “Alberto Varas / Natural-Artificial” (1999), e pelo “Fórum de Debates” (2003).

Serviço

Livro: Rino Levi, arquitetura e cidade
Autores: Renato Anelli, Abilio Guerra e Nelson Kon
Editora: Romano Guerra Editora
Lançamento: 02 de março, às 19h – entrada gratuita
Local: Itaú Cultural, avenida Paulista, 149 – São Paulo SP
Preço: R$ 190,00

Textos de apresentação: Roberto Cerqueira César, Luiz Roberto Carvalho Franco, Paulo Bruna e Antonio Carlos Sant’Anna Jr
Prefácios: Renato Anelli, Abilio Guerra e Nelson Kon (2ª edição); Lúcio Gomes Machado (1ª edição)
Coordenação editorial: Abilio Guerra, Silvana Romano Santos e Fernanda Critelli
Projeto gráfico: Darkon Vieira Roque

300 páginas, 26 x 26 cm, ilustrado, fotos e desenhos, brochura, bilíngue português e inglês
2ª edição, 2019
ISBN: 978-85-88585-85-0

Lançamento do livro sobre o arquiteto Rino Levi no Itaú Cultural

happens
in 02/03/2020

more
das 19h às 22h

where
Itaú Cultural
Avenida Paulista, 149 (próximo à estação Brigadeiro do metr)
São Paulo SP Brasil
Terça a sexta 9h às 20h, sábado domingo feriado 11h às 20h
(11) 2168 1777

source
Romano Guerra Editora
São Paulo, SP, Brasil

share


© 2000–2021 Vitruvius
All rights reserved

The sources are always responsible for the accuracy of the information provided