Your browser is out-of-date.

In order to have a more interesting navigation, we suggest upgrading your browser, clicking in one of the following links.
All browsers are free and easy to install.

 
  • in vitruvius
    • in magazines
    • in journal
  • \/
  •  

research

magazines

newspaper

news

Arquiteta e urbanista dirigirá instituição durante o triênio 2021-2023

A arquiteta e urbanista Nadia Somekh, de São Paulo, foi eleita hoje presidente do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU/BR) para o triênio 2021-2023. É a primeira vez que uma mulher ocupa o cargo.

A escolha se deu, por votação secreta, entre os 28 conselheiros federais titulares. A arquiteta obteve 19 votos. Suas propostas para o CAU/BR foram apresentadas na reunião: enfrentar junto à sociedade os desafios da crise econômica e do trabalho, com atenção à diversidade; apoiar diversas formas de empreendedorismo, cooperativismo e qualificação dos escritórios; diminuir a vulnerabilidade das moradias por meio do programa “Mais Arquitetos"; estimular programas inovadores a exemplo do CAU Educa; e sensibilizar a população quanto à importância da Arquitetura e Urbanismo, aproveitando a realização do 27º Congresso Mundial de Arquitetos (UIA2021RIO).

Nadia Somekh se propõe ainda, de forma “democrática e participativa”, buscar a coesão das ações do conjunto autárquico do CAU (CAU/BR mais CAU/UFs) e das demais entidades do CEAU (Colegiado das Entidades Nacionais de Arquitetos e Urbanistas do Brasil): ABAP, ABEA, AsBEA, FNA, IAB e FeNEA..

Também concorreram ao cargo os conselheiros Matozalém Santana, do Tocantins, e Marcelo Rodrigues, do Maranhão. Eles receberam nove e zero votos, respectivamente.

Nadia Somekh é professora emérita da FAU-Mackenzie, doutora pela FAU-USP..Recebeu em agosto de 2018 do ministério da Educação Nacional do Ensino Superior e da Pesquisa da Republica Francesa a Palma Acadêmica sendo nomeada “Chevalier dans Ordre des Palmes Academiques”; Foi presidente do CONPRESP e diretora do Departamento do Patrimônio Histórico da Prefeitura de São Paulo 2013 a 2016,quando concebeu a Jornada do Patrimônio na cidade de SP em 2015. Foi presidente da EMURB 2002 A 2004 e secretária de Desenvolvimento Econômico de Santo André 200 a 2202, entre outros cargos públicos. Foi Diretora da FAU Mackenzie 2005 a 2009 e coordenou a estruturação do programa de pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo do Mackenzie. Foi.Conselheira da UIA (União Internacional de Arquitetos 2008/2017) é conselheira do IAB, foi eleita Conselheira Federal pelo CAU para o triênio 2018/2020 e reeleita para o triênio 2021-2023. Professora convidada do IUP (Institut d Urbanisme de Paris) e da Universidade de Cergy Pontoise. É autora de “A Cidade Vertical e o Urbanismo Modernizador”, entre outros livros e artigos, pesquisa verticalização das cidades brasileiras e projetos urbanos e Patrimônio Histórico na metrópole contemporânea.

Propostas para a Gestão 2021-2023

A nova gestão pretende ainda fortalecer as ações institucionais e parlamentares e a articulação política, definindo as pautas do CAU em defesa dos interesses da profissão; e pleitear eficiência e transparência nos processos de licenciamento por parte dos órgãos públicos, valorizando a responsabilidade técnica, o direito autoral e reduzindo a burocracia. Deverão ser criados novos mecanismos para ampla participação dos arquitetos e urbanistas em processos decisórios do CAU/BR.

Na área de ensino e formação, objetivo é dialogar com o Ministério da Educação, em favor da qualidade de ensino e de condições de oferta e financiamento distribuídas de modo mais equilibrado no território nacional; além de enfrentar a questão premente do Ensino à Distância e a questão dos estágios no processo de formação e de prática profissional.

No plano interno, uma das prioridades é atualizar com urgência as bases de tecnologia, entre elas o SICCAU (Sistema de Informação e Comunicação do CAU).

Processo eleitoral

Este ano, em razão da pandemia da Covid-19, a 108ª Reunião Plenária Ordinária, em que se deu a eleição, foi realizada de forma híbrida, ou seja, alguns conselheiros federais estiveram presentes na sede do CAU/BR em Brasília, outros participaram de forma virtual.

Um sistema eletrônico permitiu a realização concomitante da votação dos presentes e dos participantes online. A reunião foi transmitida ao vivo e a gravação está disponível no canal do YouTube do CAU/BR.

CAU BR

source
CAU BR
Brasília

share


© 2000–2021 Vitruvius
All rights reserved

The sources are always responsible for the accuracy of the information provided