Your browser is out-of-date.

In order to have a more interesting navigation, we suggest upgrading your browser, clicking in one of the following links.
All browsers are free and easy to install.

 
  • in vitruvius
    • in magazines
    • in journal
  • \/
  •  

research

magazines

my city ISSN 1982-9922

abstracts

português
Artigo sobre Cartagena de Indias, onde aportaram os espanhóis quando vieram para a América entre os séculos XVI e XVII, traz uma análise da cidade, em que atualmente convivem arquiteturas históricas e modernas

how to quote

RAIA, Archimedes. Cartagena de Indias, a jóia do Caribe. Minha Cidade, São Paulo, ano 10, n. 119.01, Vitruvius, jun. 2010 <https://vitruvius.com.br/revistas/read/minhacidade/10.119/3445>.


Castillo de San Felipe de Barajas, construído entre os séculos XVI e XVII


Muralha de Cartagena de Indias, à esquerda a casa de Gabriel Garcia Marquez

Fachada da Rectoria de La Universidad Rafael Nuñez, no Centro Histórico

Ruas estreitas do Centro Histórico, com restrição de circulação e estacionamento de veículos

Avenida Santander separando o Mar do Caribe e as Muralhas Cartageneras, com destaque para os buses e busetas típicos

 

A cidade

Entre os séculos XVI e XVII os espanhóis vieram para a América em busca do Reino de El Dorado, e chegaram às costas colombianas, na região da atual Cartagena de Indias, esta jóia rara de arquitetura colonial. É uma dessas cidades onde a história fala abertamente, através de suas grandiosas igrejas, castelos, muralhas, construções fortificadas que contam uma história de árduas batalhas.

Cartagena de Índias, capital do Departamento de Bolívar, está localizada a pouco mais de mil quilômetros da capital Bogotá, e está situada às margens do Mar do Caribe, na Baía de Cartagena. É uma região predominantemente turística. A Colômbia é subdivida em 1.068 municípios, que fazem parte de 32 departamentos e quatro distritos (Bogotá, Barranquilla, Cartagena e Santa Marta).

A região metropolitana de Cartagena tem uma população de 1,25 milhões de habitantes, e a cidade propriamente dita tem cerca de 1,1 milhões. É a quinta maior área urbana da Colômbia.

Fundada em 1533 pelo espanhol Don Pedro de Heredia, Cartagena foi assim chamada devido à cidade homônima da região de Múrcia, na Espanha. A cidade foi construída com grande fortificação e conserva um conjunto arquitetônico maravilhoso. Em 1984, foi declarada Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade pela UNESCO, em virtude de seu porto, força e conjunto monumental e histórico.

A cidade consegue harmonizar seus atrativos históricos com os naturais, sendo motivo de grande orgulho por parte dos colombianos. Nela está localizada a casa que foi do escritor Gabriel Garcia Márquez, bem defronte às muralhas, de vista para o mar.

A cidade se divide em duas partes: histórica e moderna. O setor histórico, ainda que um pouco distante da orla praiana, possui um atrativo adicional, pois está todo cercado por oito quilômetros de muralhas, construídas no período da colonização, com o objetivo de causar dificuldades aos visitantes inimigos, que possuíam claros interesses nas ricas atividades do comércio local.

As muralhas permitem atividade de caminhadas, podendo-se conhecer cenários incríveis. Do lado de cima das muralhas pode-se ver, de um lado, o mar do Caribe e a porção moderna cartagenera; do outro lado, pode-se contemplar a parte histórica, com seus casarios coloridos, com arquitetura importada da Espanha, dispondo de varandas com muitas e variadas espécies de flores.

Pode-se afirmar que uma das características mais significativas da cidade é a sua arquitetura que pode ser apreciada em suas edificações (civis, religiosas e militares). Estes edificações – bem conservadas - possibilitam constatar a grande maturidade histórica de Cartagena. A arquitetura cartagenera pode ser dividida em três eras específicas, através do tempo: arquitetura colonial, republicana e atual.

O Frommer’s Travels Guide, um dos guias turísticos mais importantes dos Estados Unidos, recomenda Cartagena de Indias como um destinos mais atrativos para se visitar na America. O Frommers é uma referência para os turistas do mundo todo no momento de escolherem locais para suas próximas viagens.

A fama das maravilhas cartageneras atraiu muitas pessoas ilustres, que a visitaram e manifestaram o seu encantamento, podendo-se citar: Bill Gates, João Paulo II, os reis de Espanha, Mel Gibson, Bill Clinton, Christopher Lambert. Algumas celebridades, com o objetivo de conviver mais tempo com suas maravilhas culturais, históricas, arquitetônicas, comerciais e naturais, adquiriram imóveis em Cartagena, também conhecida como curralito de pedra. Este é o caso de Gabriel García Márquez, Juanes, Shakira, John Leguízamo, Julio Iglesias, dentre outras.

A Administração do Turismo de Cartagena resolveu, devido aos seus inúmeros atrativos, segmentá-la em cores, com o intuito de proporcionar comodidade aos turistas na determinação de um roteiro de visitas: a cor café, devido ao seu centro histórico, suas muralhas e fortificações; ii) o azul, pelo céu azul e brilhante e o mar que massageia suas belas praias; iii) o verde, por causa de suas reservas ecológicas e o encantamento das ilhas do Rosário e de Barú; iv) o róseo, por causa dos diversos eventos realizados ao longo do ano, como por exemplo, o Festival de Música Clássica, o “Hay Festival”, as Festas de La Popa e de Nossa Senhora da Candelária, os festivais do jazz e de bolero, o Festival Internacional de Cinema e as Festas da Independência; v) o violeta, pois a cidade é um ótimo destino para realizar compras, tais como as prendas dos famosos desenhistas, artesanatos e jóias na zona comercial de Bocagrande ou no Centro Histórico; vi) o laranja, por causa de sua esplendida gastronomia, que usa desde frutos do mar até frutas tropicais, além de deliciosos temperos originados de diversas partes do mundo; vii) o branco e o negro, devido à alegria que jorra na noite em suas tradicionais festas, que tem como palco as suas dezesseis praças, nas extensões das muralhas ou ainda dentro das chivas turísticas (espécie de ônibus em carroçaria de caminhão) que percorrem as vias cartageneras; viii) o amarelo, por causa do seu Centro de Convenções, além de um grande infra-estrutura que dispõe de hotéis para sediar os mais diversos eventos, congressos e encontros de chefes de estado, intelectuais, dentre outros, que não economizam elogios à pérola do Caribe; ix) o vermelho, devido ao amor manifestado pelos apaixonados que eternizam seus vínculos em igrejas e a catedral cartageneras para consolidar mutuamente seus amores.

Os transportes e o trânsito

O trânsito e o transporte são o sistema circulatório deste corpo magnífico. O sistema de transporte urbano é composto por 54 empresas, que operam os ônibus (buses) e os micro-ônibus (busetas), em geral, muito velhos, porém possuem uma característica muito peculiar e que caracteriza este serviço: os veículos são ricamente ornados, tanto na parte externa, com pinturas exóticas, como internamente, com cortininhas coloridas, pingentes, colantes, luzes coloridas, etc. A tarifa do transporte público é barata, em valores de hoje (janeiro 2010) corresponde a 1.300 pesos colombianos (R$ 1,20). Estes veículos operam de forma quase desregulamentada. Param em qualquer lugar com o aceno de mão de um passageiro, embora existam os pontos, e os cobradores vão pendurados nas portas oferecendo o serviço e fazendo a cobrança.

Os taxis, geralmente novos, cobram tarifas especificadas para classes de regiões, com valor médio de R$ 4.700 pesos (R$ 4,30), também em valores atuais.

A frota de veículos é muito heterogênea, que varia desde carros com até 30 anos de uso, com condições precárias de manutenção, a modernos e luxuosos veículos importados. Os sistemas semafóricos são modernos e bem cuidados, com boa visibilidade dos focos. No geral, o trânsito é muito indisciplinado e complicado. Há restrição de circulação de veículos nos horários de pico.

Cartagena possui o mais importante porto colombiano e é servido pelo Aeroporto Internacional Rafael Núñez.

Um novo paradigma em transportes

A necessidade de dispor de transporte público com qualidade foi ganhando sempre mais espaço entre os cartageneros e, por conseguinte, dos administradores locais. Seria muito difícil a obtenção de recursos para a ampliação do sistema viário, bem como a dificuldade em obter-se financiamento para a construção de metrô.

Para os técnicos locais, Curitiba havia desenvolvido o conceito de ordenamento urbano baseado no transporte público por ônibus, que mudou o paradigma da concepção do sistema ônibus, com vias segregadas, estações fechadas com tarifa pré-paga, terminais de integração e novos conceitos de operação, como um novo padrão para os sistemas de transporte de massa. Curitiba foi inspiração para Bogotá e também para Cartagena.

Desenvolveu-se o sistema integrado de transporte do Distrito de Cartagena, que se baseia no conceito de sistema tronco-alimentado. Nos bairros periféricos a alimentação se dá através de veículos de médio ou baixa capacidades, que transportam os usuários até os terminais de transferência, de onde passam, através da integração física, operacional e tarifária, às rotas troncais. De lá são levados aos seus destinos em ônibus de alta capacidade do tipo articulados por vias troncais em corredores exclusivos ou preferenciais. Um aspecto diferencial deste sistema é que ele considera a possibilidade de integração com o transporte aquaviário urbano.

As infra-estruturas do sistema TransCaribe constituem-se no conjunto de corredores viários, terminais de transferência, estações de parada e todo o mobiliário urbano do espaço público coletivo. Em todos esses elementos há o tratamento para crianças, mulheres grávidas, pessoas com deficiência física, e idosos.

As obras do novo sistema de transporte coletivo urbano de Cartagena estão em andamento e deverão estar acabadas até o final de 2011 e deverá atingir os municípios da Região Metropolitana.

Cartagena de Indias é um exemplo de preservação histórica, cultural e arquitetônica, aliado às necessidades da vida moderna.

nota

Todas as imagens que ilustram o artigo são do autor.

referências bilbliográficas

Frommer’s (2009). Disponível em: http://www.frommers.com.

TransCaribe (2009). Sistema Integrado de Transporte Masivo en Cartagena de Indias. Disponível em: http://www.transcaribe.gov.co/nueva/index.php.

Alcaldía Mayor de Cartagena de Indias (2009). Distrito Turístico y Cultural. Disponível em: http://www.cartagena.gov.co.

sobre o autor

Archimedes Azevedo Raia Junior é engenheiro, mestre e doutor em Engenharia de Transportes, professor e pesquisador do Departamento de Engenharia Civil e Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Urbana da Universidade Federal de São Carlos-SP.

Archimedes Azevedo Raia Jr., São Carlos SP Brasil

comments

newspaper


© 2000–2021 Vitruvius
All rights reserved

The sources are always responsible for the accuracy of the information provided