Your browser is out-of-date.

In order to have a more interesting navigation, we suggest upgrading your browser, clicking in one of the following links.
All browsers are free and easy to install.

 
  • in vitruvius
    • in magazines
    • in journal
  • \/
  •  

research

magazines

interview ISSN 2175-6708

abstracts

português
Erminia Maricato – arquiteta, professora da FAU USP, gestora pública e ativista social – é entrevistada por Abilio Guerra, Celso Sampaio, João Sette Whitaker e Lizete Rubano.

how to quote

GUERRA, Abilio; SAMPAIO, Celso Aparecido; WHITAKER, João Sette; RUBANO, Lizete Maria. Erminia Maricato, arquiteta, professora, gestora pública e ativista social. Transa Marieta – episódio 3. Entrevista, São Paulo, ano 21, n. 082.05, Vitruvius, maio 2020 <https://vitruvius.com.br/revistas/read/entrevista/21.082/7757>.


Erminia Maricato (Santa Ernestina SP, 1947), arquiteta, mestre e doutora (FAU USP, 1971, 1977 e 1984). Com atuações paralelas e articuladas na academia, administração pública e sociedade civil, sendo responsável pelas seguintes propostas e realizações: relatora da proposta de Iniciativa Popular de Reforma Urbana junto à Assembleia Nacional Constituinte (1987), Secretária de Habitação e Desenvolvimento Urbano no governo Luiza Erundina em São Paulo (1989-1992), propostas para a área urbana das candidaturas de Lula para a presidência (1989, 1994, 1998 e 2002), proposta de criação do Ministério das Cidades, coordenação da Política Nacional de Desenvolvimento Urbano como Secretária Executiva do ministério (2003-2005), professora visitante do Human Settlements Centre da University of British Columbia (Canadá, 2002) e da School of Architecture and Urban Planning of Witwatersrand de Joanesburgo (África do Sul, 2006), professora visitante do Instituto de Economia da Unicamp (2012-2015), conselheira do Programa das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos (UN-Habitat, 2009), participante da formação da Frente Povo Sem Medo – FPSM (2015), autora de oito livro. Professora titular aposentada da FAU USP, é docente da instituição desde 1974, onde coordenou a Pós-graduação (1998-2002) e fundou o Laboratório de Habitação e Assentamentos Humanos (1997). Atualmente, Erminia é professora colaboradora da Pós-graduação da FAU USP, membro de corpos editoriais e coordenadora do BrCidades – um projeto para as cidades do Brasil –, da qual foi fundadora em 2017. Esta iniciativa que lhe valeu – ao lado de companheiros – o Prêmio APCA 2018 na categoria “Urbanidade”, último de uma série de distinções, com destaque para os prêmios Rafael Higuerras (Federação Pan-americana de Arquitetos, 2006) e Arquiteto do Ano (Federação Brasileira de Arquitetos, 2007).

Abilio Guerra é arquiteto (PUC-Campinas, 1982), mestre e doutor em História (IFCH Unicamp, 1989 e 2002), professor da FAU Mackenzie. Membro fundador do Marieta (com Caio Guerra, Giovanni Pirelli, Helena Guerra e Silvana Romano Santos), é editor da Romano Guerra Editora e do Portal Vitruvius ao lado de Silvana Romano. É coautor do livro Rino Levi – arquitetura e cidade (com Renato Anelli e Nelson Kon, 2001), autor de O primitivismo em Mario de Andrade, Oswald de Andrade e Raul Bopp (2010), Arquitetura brasileira: viver na floresta (2011) e Arquitetura e natureza (2017), e organizador de Textos fundamentais sobre historia da arquitetura moderna brasileira (2010), Brasil Arquitetura – Francisco Fanucci, Marcelo Ferraz (com Marcos Grinspun Ferraz e Silvana Romano Santos, no prelo) e diversos outros livros.

Celso Sampaio é arquiteto (FAU Mackenzie, 1988), mestre em arquitetura e urbanismo (EESC USP, 2000), doutorando e professor na Universidade Presbiteriana Mackenzie. Há três décadas assessora movimentos de moradia na cidade de São Paulo, atuando atualmente junto ao Movimento Sem Teto do Centro – MSTC. Como gestor público atuou como Gerente de Projetos e Diretor Técnico da Cohab-SP (2001-2004; 2015-2016), e Diretor de Habitação na Prefeitura Municipal de Santos André (2005-2006). No município de São Paulo, participou como membro titular do Conselho Municipal de Política Urbana – CMPU (2017-2019) e do Conselho Municipal de Habitação – CMH (2016-2018; 2013-2015). Foi diretor do Instituto dos Arquitetos do Brasil Seção São Paulo (2010-2011).

João Sette Whitaker é arquiteto (FAU USP, 1990) e economista (PUC-SP, 1993), mestre em Ciência Política (FFLCH USP, 1998), doutor e livre-docente (FAU USP, 2003 e 2013), doutor Honoris Causa (Universidade de Lyon/St. Etienne, França, 2017). Professor, presidente da Comissão de Pós-graduação, pesquisador sênior do Laboratório de Habitação e Assentamentos Humanos (LabHab, desde 1998) na FAU USP. Bolsista Produtividade do CNPq Nivel 2. Professor visitante no Institut de Hautes Études de l´Amérique Latine – IHEAL (Université de Paris 3 – Sorbonne Nouvelle (2011-2012), Ecole dArchitecture, de la Ville et des territoires (Marne-La-Vallée, 2018), e da Chaire BSI-Citydev (Universidade Livre de Bruxelas, 2018). Secretário de Habitação do Município de São Paulo (2016). Autor do livro O mito da cidade-global: o papel da ideologia na produção do espaço urbano" (Vozes, 2007).

Lizete Rubano é arquiteta (FAU Mackenzie, 1981), mestre e doutora em arquitetura e urbanismo (FAU USP, 1992 e 2001), professora de Projeto 7 na FAU Mackenzie, onde coordena o escritório modelo (emau) Mosaico, de assessoria aos movimentos organizados da sociedade civil. Como arquiteta, foi funcionária da Companhia de Habitação e Desenvolvimento Urbano de São Paulo – Cohab-SP (1989-1992). Participa do núcleo São Paulo da rede nacional BrCidades. É organizadora do livro Hipóteses do real – concursos de arquitetura e urbanismo 1971-2011 (2012) e autora dos livros Planeamento cultural urbano em áreas metropolitanas (com Maria Isabel Villac, Volia Kato e Lucas Fehr, 2015), O terceiro território – habitação coletiva e cidade (com Luiz Reacamán e Hector Vigliecca, 2014).

Entrevista

O evento – terceiro episódio do “Transa Marieta”, programa com personalidades da arte e da cultura contemporânea – ocorreu no 26 de maio de 2020, segunda-feira, com início às 18h30, com mais de duas horas e meia de duração, e foi transmitido ao vivo via Facebook, na página do projeto Marieta (www.facebook.com/projetomarieta), chegando a mais de 2.800 visualizações, 317 curtidas e 175 comentários. A entrevista com Erminia Maricato contou com as participações dos entrevistadores Abilio Guerra, Celso Sampaio, João Sette Whitaker e Lizete Rubano, e participação do público, com comentários por escrito.

Projeto Marieta

O projeto Marieta é voltado para o pensamento contemporâneo, envolvendo pessoas de gerações e experiências diferentes, se propondo como lugar de criação, debate e difusão de produções artísticas e culturais. A diretoria e conselho curatorial é da responsabilidade do coletivo formado por Abilio Guerra, Caio Guerra, Giovanni Pirelli, Helena Guerra, Silvana Romano Santos, Julia Zylbersztajn e Pedro Santiago. Atualmente conta com as participações de Magaly Corgosinho e Neliane Simioni (assessoria de imprensa); Bianca Leite (artista residente); Julia Rantigueri, Pedro Iwo de la Costa e Flavia Fonseca (colaboradores internos); André Scarpa, Felipe Rodrigues, Julia Vianna, Marina Dias Teixeira e Pablo Figueroa (colaboradores externos); Lírios Spacca (design gráfico); Lucas Minari (tuttofare). O grupo conta com a adesão fundamental de Claudia Romano, Emiliana Romano Santos, Norma Romano Santos (apoio moral) e de Garibaldi Maria Pirelli Guerra, Martino Pirelli Guerra, Piero Pirelli Guerra, Tom Guerra, Francesca Tosi, Francesco Pirelli e Nina (apoio emocional).

Erminia Maricato no portal Vitruvius

AGUSTINHO, Denise Paiva. Um novo ciclo na reforma urbana. Erminia Maricato discute o impasse da política urbana no Brasil. Resenhas Online, São Paulo, ano 11, n. 122.01, Vitruvius, fev. 2012 <www.vitruvius.com.br/revistas/read/resenhasonline/11.122/4208>.

CASIMIRO, Matheus de Vasconcelos. As ideias ainda fora do lugar. Ermínia Maricato demonstra a validade atual da interpretação de Roberto Schwarz. Resenhas Online, São Paulo, ano 15, n. 179.01, Vitruvius, nov. 2016 <www.vitruvius.com.br/revistas/read/resenhasonline/15.179/6270>.

MARICATO, Erminia. As tragédias urbanas: desconhecimento, ignorância ou cinismo? Minha Cidade, São Paulo, ano 11, n. 129.04, Vitruvius, abr. 2011 <www.vitruvius.com.br/revistas/read/minhacidade/11.129/3795>.

MARICATO, Erminia. Cidades no Brasil. Sair da perplexidade e passar à ação. Drops, São Paulo, ano 13, n. 069.04, Vitruvius, jun. 2013 <www.vitruvius.com.br/revistas/read/drops/13.069/4777>.

MARICATO, Erminia. Megaeventos. O arrastão empresarial urbano na escrita elegante de Otilia Arantes. Resenhas Online, São Paulo, ano 11, n. 130.01, Vitruvius, out. 2012 <www.vitruvius.com.br/revistas/read/resenhasonline/11.130/4554>.

MARICATO, Erminia. Os excluídos da cidade e a lei. Sobre a criminalização das vítimas da exclusão social. Drops, São Paulo, ano 20, n. 142.02, Vitruvius, jul. 2019 <www.vitruvius.com.br/revistas/read/drops/20.142/7406>.

MARICATO, Erminia. Um mundo dominado pelas favelas. Resenhas Online, São Paulo, ano 06, n. 063.02, Vitruvius, mar. 2007 <www.vitruvius.com.br/revistas/read/resenhasonline/06.063/3116>.

MOREIRA, Tomás. Alternativas urbanas sob a ótica da reflexão crítica. Antiparalisia da ação propositiva segundo Erminia Maricato. Resenhas Online, São Paulo, ano 03, n. 028.03, Vitruvius, abr. 2004 <www.vitruvius.com.br/revistas/read/resenhasonline/03.028/3191>.

SANTANA, Lidia. O ângulo reto da análise urbana. As perspectivas de Otília Arantes, Carlos Vainer e Erminia Maricato. Resenhas Online, São Paulo, ano 05, n. 056.01, Vitruvius, ago. 2006 <www.vitruvius.com.br/revistas/read/resenhasonline/05.056/3135>.

SOARES, Alessandra; MAIA, Artur; ROSSI, Pedro. O papel social da arquitetura. Entrevista com Ermínia Maricato. Entrevista, São Paulo, ano 20, n. 078.01, Vitruvius, maio 2019 <www.vitruvius.com.br/revistas/read/entrevista/20.078/7351>.

Livros de Erminia Maricato

ARANTES, Otília Beatriz Fiori; VAINER, Carlos; MARICATO, Erminia. A cidade do pensamento único. Desmanchando consensos. Coleção Zero à esquerda, Petrópolis, Vozes, 2000.

MARICATO, Ermínia. A produção capitalista da casa (e da cidade) no Brasil industrial. São Paulo, Alfa Omega, 1979.

MARICATO, Ermínia. Brasil, cidades. Alternativas para a crise urbana. Petrópolis, Vozes, 2001.

MARICATO, Ermínia. Habitação e cidade. São Paulo, Atual, 1997.

MARICATO, Ermínia. Metrópole na periferia do capitalismo. São Paulo, Hucitec, 1996.

MARICATO, Erminia. O impasse da política urbana no Brasil. Petrópolis, Vozes, 2011.

MARICATO, Erminia. Para entender a crise urbana. São Paulo, Expressão Popular, 2015.

MARICATO, Ermínia. Política habitacional no regime militar. Petrópolis, Vozes, 1987.

ficha técnica

programa
Transa Marieta – episódio 3

entrevistada
Erminia Maricato

entrevistadores
Abilio Guerra, Celso Sampaio, João Sette Whitaker e Lizete Rubano

pesquisa
Abilio Guerra e Celso Sampaio

organizadores
Abilio Guerra, Giovanni Pirelli, Helena Guerra, Caio Guerra e Silvana Romano Santos

edição
Caio Guerra

produção
Helena Guerra, Giovanni Pirelli e Silvana Romano Santos

data
26 de maio de 2020, 18h30

divulgação
transmissão ao vivo via Facebook
publicação posterior no portal Vitruvius

comments

082.05 cidade e sociedade
abstracts
how to quote

languages

original: português

share

082

082.01

Peter Eisenman in loco

Sérgio M. Marques, Mônica L. Bohrer and Lucas Canez M. Marques

082.02 literatura

Milton Hatoum: literatura em tempos de cólera política e pandemia de coronavírus

Abilio Guerra, Augusto Massi and Julia Bussius

082.03

Entrevista com Hernán Díaz Alonso

Sérgio M. Marques, Mônica L. Bohrer and Lucas Canez M. Marques

082.04 hq, música e cinema

Arrigo Barnabé

Abilio Guerra and Silvana Romano Santos

082.06

Processos de diversidade nas práticas projetuais

Oscar Eduardo Preciado Velasquez

082.07

Danilo Miranda, um intelectual a serviço do Brasil

Abilio Guerra, Marta Bogéa and Giovanni Pirelli

newspaper


© 2000–2021 Vitruvius
All rights reserved

The sources are always responsible for the accuracy of the information provided