Your browser is out-of-date.

In order to have a more interesting navigation, we suggest upgrading your browser, clicking in one of the following links.
All browsers are free and easy to install.

 
  • in vitruvius
    • in magazines
    • in journal
  • \/
  •  

research

magazines

drops ISSN 2175-6716

abstracts

português
Carlos A. Ferreira Martins, professor titular do IAU USP São Carlos, escreve mais um artigo da série que denuncia manobra do governo estadual paulista para redirecionar recursos das universidades paulistas e Fapesp.

how to quote

MARTINS, Carlos A. Ferreira. Novela ruim, roteirista canhestro. Drops, São Paulo, ano 21, n. 156.06, Vitruvius, set. 2020 <https://vitruvius.com.br/revistas/read/drops/21.156/7888>.


O ator Dolph Lundgren em cena do filme “O grande roubo” (Larceny, 2017), direção de R. Ellis Frazier
Imagem divulgação


Infelizmente prossegue a (má) novela do PL 529, iniciativa do governo Dória para fazer caixa rápido às custas das universidades estaduais, da Fapesp e de mais uma dezena de instituições de pesquisa, planejamento e execução de políticas públicas em áreas tão diferentes como habitação popular, transporte metropolitano, meio ambiente e saúde pública.

Quando denunciamos a falta de transparência e a precariedade da argumentação do projeto (1), a Secretaria de Projetos, Orçamento e Gestão se deu ao trabalho de publicar nota acusando este colunista de “desinformar o leitor”.

Desde então a tramitação acelerada do Projeto na Assembleia Legislativa, há décadas dominada pelo partido do governador, mostra que não há vontade de negociar nem compromisso com a transparência.

O governo não tem nenhuma justificativa razoável para esse conjunto de medidas, ele não sabe – ou não quer dizer – o que acontecerá com os técnicos das instituições que serão extintas, como serão executadas as suas funções e quais as vantagens a curto, médio e longo prazos.

Por isso sua base na Assembleia manobra para impedir que as comissões que deveriam se manifestar sobre o projeto se reúnam e o discutam, de forma a empurrar o projeto para votação direta no plenário, com pouquíssimo tempo de discussão e apresentação de emendas.

Enquanto isso, o governo tenta tirar proveito de sua estratégia de jogar muitos bodes na sala ao mesmo tempo, propondo negociações separadas aos diferentes segmentos.

No caso das Universidades e da Fapesp, a contraproposta é que o inconstitucional sequestro das reservas orçamentarias fique limitado a 2019. Manobra de prestidigitador barato, esperando que os eleitores sejam tão desinformados a ponto de não perceber que, com a brutal queda de arrecadação, em 2020 não haverá qualquer reserva a sequestrar.

Enquanto isso, o Secretário que me acusou de desinformar o leitor faz algo bem pior. Em uma de suas tentativas ilusionistas, afirmou que os recursos sequestrados serviriam para pagar a aposentadoria dos servidores das próprias universidades.

O Conselho de Reitores das Universidades Estaduais Paulistas – Cruesp teve que ser elegante ao desmenti-lo, lembrando que as universidades “são responsáveis por suas próprias folhas de pagamento (ativos e aposentados) com recursos da cota-parte do ICMS, destinada para o seu financiamento, fato amplamente conhecido pela equipe do Governo” (2).

Secretário, desinformar leitores seria grave. Mentir descaradamente aos eleitores é vergonhoso (3).

notas

1
MARTINS, Carlos A. Ferreira. A boiada paulista que ameaça presente e futuro. Drops, São Paulo, ano 20, n. 155.06, Vitruvius, ago. 2020 <www.vitruvius.com.br/revistas/read/drops/20.155/7859>.

2
CONSELHO DE REITORES DAS UNIVERSIDADES ESTADUAIS PAULISTAS. Comunicado Cruesp n. 08/2020. Jornal da USP, São Paulo, 17 set. 2020 <https://jornal.usp.br/institucional/cruesp-lamenta-manifestacao-de-secretario-de-estado-sobre-o-projeto-de-lei-529/>.

3
Da mesma série, ver: MARTINS, Carlos A. Ferreira. Quem desinforma os leitores? Falta de transparência na política de desmonte do Estado. Drops, São Paulo, ano 20, n. 155.08, Vitruvius, ago. 2020 <www.vitruvius.com.br/revistas/read/drops/20.155/7862>.

sobre o autor

Carlos A. Ferreira Martins é professor titular do IAU USP São Carlos.

 

comments

156.06 política pública
abstracts
how to quote

languages

original: português

share

156

156.01 homenagem

Lúcio Kowarick (1938-2020)

Um colega ilustre, competente e digno

Maria Adélia Souza

156.02 política

Pelo fim dos privilégios...

Carlos A. Ferreira Martins

156.03 homenagem

Um abraço no Paulo

Em respeito a Paulo Mendes da Rocha

156.04 patrimônio

Por uma Rede de Acervos de Arquitetura e Urbanismo

Carta aberta

Instituto de Arquitetos do Brasil IAB/SP

156.05 revista

Entre Rayas, 28 anos de trajetória profissional

Revista venezuelana faz campanha de patrocínio coletivo

156.07 coronavírus

Os mapas e a pandemia de Covid-19

Alexandre Augusto Bezerra da Cunha Castro, Paulo Vitor Nascimento de Freitas and Thereza Rachel Rodrigues Monteiro

156.08 hip hop

As batalhas de MCs e as restrições sociais

Emily Suelen Florentino Cabral

156.09 política

O que aconteceu com o posto Ipiranga?

Carlos A. Ferreira Martins

newspaper


© 2000–2021 Vitruvius
All rights reserved

The sources are always responsible for the accuracy of the information provided