Your browser is out-of-date.

In order to have a more interesting navigation, we suggest upgrading your browser, clicking in one of the following links.
All browsers are free and easy to install.

 
  • in vitruvius
    • in magazines
    • in journal
  • \/
  •  

research

magazines

projects ISSN 2595-4245


abstracts

português
O projeto do percurso de visitação da fábrica de chocolates Nestlé é uma intervenção dentro do edifício datado da década de 60. O programa tinha como característica principal resolver o problema dos espaçõs conflitantes, de visitação e de produção.

how to quote

PORTAL VITRUVIUS. Museu do chocolate. Projetos, São Paulo, ano 12, n. 135.09, Vitruvius, mar. 2012 <https://vitruvius.com.br/revistas/read/projetos/12.135/4295>.


A intenção ao projetar as estruturas de visitação pública da fábrica de chocolates da Nestlé é a de marcar a paisagem genérica da rodovia de ligação entre São Paulo e Rio, revelando a presença do espaço de visitação. Essa visibilidade se dará pela construção de torres de acesso ao novo percurso, em vidro e aço, que além da forte marca no entorno resolvem funcionalmente os fluxos conflitantes entre produção e visitação. A geometria estrutural e os materiais usados foram projetados para provocar uma experiência sensorial e perceptiva e contribuir para a apreensão das informações sobre a história e produção do chocolate distribuídas ao longo do percurso.

Fotografia torre 1
Foto Leonardo Finotti

O projeto é uma intervenção dentro da fábrica de chocolates da Nestlé. Construída na década de 60 foi planejada para receber publico externo porém de uma maneira precária e sem caráter museológico.

A intervenção resolveu três questões principais: conflito de fluxos entre o publico externo e trabalhadores, tornar o simples percurso num museu com conteúdo interativo e por fim demarcar com forte caráter a edificação existente e até então genérica.

Foram criadas duas torres e passarelas exteriores à fabrica, uma de acesso [menor] e outra na saída [maior e de frente à rodovia dutra], ambas compostas por conjunto de escada e elevador.

Esquema do conjunto
Metro Arquitetos Associados

A estrutura metálica das torres e passarelas é composta por perfis tubulares de 100mm de diâmetro com variações na espessura das paredes internas proporcionado com isso o mesmo detalhe de fixação dos vedos ora painéis de vidro laminado com película vermelha [face sul], ora chapa de aço expandida tipo brise [face norte].  Os pisos são em chapa de aço perfurada e contribuem para a ventilação natural e a drenagem, as coberturas são em chapa de aço lisa superior e inferior com EPS no miolo para melhor desempenho termo acustico. A estrutura é composta por módulos triangulares não-coplanares de 2.5m que se repetem a cada 10m, essa configuração além de auxiliar estruturalmente no contraventamento e com isso permitir uma estrutura mais esbelta faz com que os planos de vidro reflitam diferentes figuras da paisagem.  Os vãos da passarela I são de 10 metros [apoiada sobre pilares e vigas metálicos de sessão variável] e no trecho entre a torre I e a fabrica 27.5metros. Já na passarela II o vão entre a torre e o pilar é de 15m e o balanço ate a fabrica é de 5m.

No interior do percurso foram projetados 10 núcleos temáticos em função da produção da fábrica, desde a matéria prima, passando pelos diferentes estágios de produção até a etapa final de embalagem. Foram abertas janelas circulares em pontos estratégicos. Cada núcleo tem cores, matérias e caráter distintos como trilha sonora, narração e cenografia específica.

ficha técnica

Local
Via Dutra, Caçapava, SP

Data do projeto
2009

Conclusão
2011

Área total
1.850 m²

Vãos das passarelas
27,5m (Passarela 1) e 15,0m (Passarela 2)

Altura
17m (Torre 1) e 10m (Torre 2)

Peso total da estrutura
42 Toneladas

Distância total do percurso de visitação
713m

Projeto de arquitetura e museografia
Metro Arquitetos Associados
Anna Ferrari, Gustavo Cedroni e Martin Corullon [autores]
Paloma Delgado, Paula Noia, Ricardo Canton, Alfonso Simelio [arquitetos], Felipe Fuchs, Bruno Kim, Marina Ioshii e Pedro Mesquita [estagiários]

Produção
Giro consultoria
Luciana Meili

Estrutura
Eng. Heloisa Maringoni
Companhia de Projetos

Fundações
Renato Perezin

Iluminação
Lux Projetado
Ricardo Heder

Projeto gráfico
BVY Arquitetos
Cássia Buitoni

Conteúdo
Pletora
Paula Pinto e Silva

Trilha sonora e áudio
Zut
Cacá Machado

Obra Civil
Emplatec
Eng. Rubens Molinari e Eng. Edimilson Brandão

Estrutura Metálica
Bandeirantes

Cenotecnia
Liz eventos e Luis Picker

Equipamentos e programação audio visual
Emotique

comments

135.09 biau
abstracts
how to quote

languages

original: português

source

share

135

135.01 biau

Seleção de obras brasileiras para a VIII BIAU Cádiz 2012

Abilio Guerra

135.02 biau

Welcome Center

135.03 biau

Galeria Miguel Rio Branco

135.04 biau

Edifício Amélia Teles 315

135.05 biau

EBE Cristal

135.06 crítica

Casa 4x30

Haifa Yazigi Sabbag

135.07 biau

Edifício na Rua Simpatia

135.08 biau

Centro Dra. Zilda Arns

135.10 biau

Área de Portais

newspaper


© 2000–2021 Vitruvius
All rights reserved

The sources are always responsible for the accuracy of the information provided