Your browser is out-of-date.

In order to have a more interesting navigation, we suggest upgrading your browser, clicking in one of the following links.
All browsers are free and easy to install.

 
  • in vitruvius
    • in magazines
    • in journal
  • \/
  •  

research

magazines

architectourism ISSN 1982-9930

Fazenda São Miguel no Vale do Paraiba SP. Foto Victor Hugo Mori

abstracts

português
Este texto apresenta a experiência de percorrer os espaços públicos da cidade de Londres. A autora procura descrever as peculiaridades de suas ruas, jardins e parques, bem como as sensações vividas.

english
This paper seeks to present the experience to go through the public spaces of London City. The author tries to describe the peculiarities of its streets, gardens and parks, as well as the sensations experienced.

español
Este documento presenta la experiencia de de recorrer los espacios públicos de la ciudad de Londres. La autora trata de describir las peculiaridades de sus calles, jardines y parques, así como las sensaciones vividas.


how to quote

DORNELES, Vanessa Goulart. Um passeio pelos espaços públicos londrinos. Arquiteturismo, São Paulo, ano 06, n. 067.05, Vitruvius, set. 2012 <https://vitruvius.com.br/revistas/read/arquiteturismo/06.067/4515>.


Estive em Londres aproximadamente um mês antes das Olimpíadas e pude aproveitar o que a cidade oferece: sua organização e beleza, mas com a possibilidade de perambular pelas ruas sem muita aglomeração de pessoas.

Mesmo no verão, o tempo predominante é chuvoso, a garoa e o vento acompanham os visitantes dando pequenas folgas no meio do dia, permitindo a exploração da cidade. Mas é esse clima que proporciona à cidade um charme especial, uma elegância que paira no ar, principalmente nos espaços públicos.

Durante minha estadia em Londres, procurei viver um pouco a cidade, conhecer as ruelas, os jardins, os parques, compreender um pouco da dinâmica urbana local.

Experienciar os espaços públicos desta cidade é uma sensação ímpar, a cidade une todos os tipos de povos e estilos de vida... É uma grande metrópole! Por outro lado, a cidade mantém um ar de sobriedade e educação que é peculiar dos cidadãos londrinos. Cada rua proporciona visuais diferentes, uma nova paisagem formada pelo conjunto de prédios e por sua morfologia urbana. Os prédios têm características semelhantes, mesmas tipologias arquitetônicas, mesmos gabaritos e, e até mesmo os materiais de revestimentos se repetem. Assim, as quadras de cada região transmitem uma idéia de conjunto, o que evidencia uma identidade local, e que varia de região para região.

Andar pelas ruas londrinas desperta a curiosidade, cada momento é uma nova descoberta, um novo largo que se abre pela configuração espacial das vias e calçadas, um espaço de descanso com pedras para sentar, um espaço para comer ao ar livre em meio a um bairro super movimentado e com muitos turistas.

Falando em turistas, há muitos, eu entre eles, aquela massa de pessoas fazendo filas nos museus e em frente aos palácios, impossibilitando os demais de tirar fotos dos principais pontos turísticos... Bem, eles fazem parte em todas as grandes cidades, principalmente as históricas.

Mas o que anima, é ver que os espaços públicos também são muito apropriados pelos moradores. As pessoas parecem aproveitar muito o que a cidade tem a oferecer, ainda mais quando o sol aparece. As praças e jardins são sempre repletas de crianças brincando, jovens namorando, adultos e idosos lendo e conversando.

Já os parques, bem, estes são a cereja do bolo dos espaços públicos londrinos, são lindos, limpos, floridos... bem cuidados... e não de uma forma artificial... tudo parece estar ali a muito tempo, como um legitimo parque inglês seguindo uma linha totalmente natural!

Apesar da grande concentração e circulação de pessoas... À noite a cidade dorme, as luzes embelezam a cidade e a elegância urbana se sobrepõe a sua dinâmica. É realmente uma linda cidade para se conhecer e se percorrer, durante o dia ou durante a noite.

Picadilly Street, Londres
Foto Vanessa Goulart Dorneles

sobre a autora

Vanessa Goulart Dorneles é arquiteta e urbanista formada pela Universidade Federal de Santa Maria, no Rio Grande do Sul. Atualmente é doutoranda do Programa de Pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo (PósARQ) da Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC.

comments

067.05 viagem de passeio
abstracts
how to quote

languages

original: português

share

067

067.01 ensaio fotográfico

Guardiãs do Hermitage

Felipe Arruda and Laura Gorski

067.02 viagem cultural

As ondas de Siena

José Marques Carriço

067.03 eu estive lá!

Buckmister Fuller

Roberio Dias

067.04 desenho da paisagem

Doze preceitos para usar um caderno de viagem

José Neves

067.06 viagem de estudo

A dimensão paisagística no projeto da cidade contemporânea

Adalberto Retto Jr. and Marta Enokibara

067.07 exposição

Da próxima vez eu fazia tudo diferente

Diego Matos and Caio Guerra

067.08 editorial

A Grécia não é aqui!

Michel Gorski

067.09 ministério do arquiteturismo

Ministério do Arquiteturismo adverte...

Raíssa Bahia Lopes

newspaper


© 2000–2022 Vitruvius
All rights reserved

The sources are always responsible for the accuracy of the information provided