Your browser is out-of-date.

In order to have a more interesting navigation, we suggest upgrading your browser, clicking in one of the following links.
All browsers are free and easy to install.

 
  • in vitruvius
    • in magazines
    • in journal
  • \/
  •  

research

magazines

drops ISSN 2175-6716

abstracts

english
Artist talks about participation in the Venice Architecture Biennale 2012.

español
Artista habla sobre la participación en la Bienal de Arquitectura de Venecia 2012

how to quote

MENIS, Fernando. Arquitetura desde a razão e a emoção. Drops, São Paulo, ano 13, n. 060.09, Vitruvius, set. 2012 <https://vitruvius.com.br/revistas/read/drops/13.060/4511>.


Desde quando estudava arquitetura em Barcelona, Espanha, aprendi que não se podia projetar um edifício sem conhecer previamente o seu meio ambiente. A paisagem onde irá surgir uma nova obra é, para o nosso estúdio, o primeiro passo do projeto.

Quando fui convidado a participar na Bienal de Arquitetura de Veneza de 2012 iniciei esse processo de concepção da obra a expor. Tratava-se de uma ocasião especial que permitia ao nosso estúdio dar a conhecer aquilo em que trabalhamos cada dia, na qual a razão e a emoção se unem para gerar uma Arquitetura funcional e humana ao mesmo tempo. Aqui o contexto era diferente; poderia dizer que o palco podia ser criado por mim, porque podia mostrar todos estes lugares que inspiram e dão forma a cada um dos meus projetos.

De forma que, a partir da temática proposta pelos comissários do Pavilhão de Espanha, Antón García-Abril e Débora Mesa, que nos exigia expressar os processos de investigação e inovação na Arquitetura, surge Into the Wall. Um muro que esconde e ao mesmo tempo mostra aqueles projetos nos quais impliquei todo o meu empenho como arquiteto, mas que também me ofereceram inúmeros conhecimentos e experiências que enriquecem a minha trajetória profissional.

Esta experiência, que vivi junto da minha equipe e de um grupo de estudantes de Arquitetura da Universidad Europeia de Madrid, foi fascinante. Permitiu-me rever os detalhes das minhas obras, trabalhá-los  de forma artesanal com o material que caracteriza a minha arquitetura: o concreto. Pude usar as minhas mãos para voltar a recriar esses edifícios que um dia foram projetos no papel, depois maquetas tridimensionais em argila e, finalmente, obras físicas de concreto e um conjunto de materiais fundidos entre si para dar forma a um espaço concebido e projetado para melhorar o seu meio ambiente original e cobrir as necessidades que o geraram.

Neste muro tento resumir, com mais emoção do que o normal (já que a obra o permite), o como a Arquitetura pode ser um jogo de geometrias, materiais, texturas, formas, luz e sombras, mas sempre com a função de acolher as nossas vidas. Into the Wall apresenta, inicialmente, uma fachada coberta em madeira, onde o Auditório de Torun (Polônia), projeto no qual o meu estúdio trabalha atualmente, é o anfitrião desta instalação, apresentando a evolução deste espaço multifuncional. As diversas maquetas do Auditório convidam o visitante a seguir experimentando dentro da parede e convida-o a descobrir o que se esconde atrás.

O muro imaginário desaparece num só gesto, permitindo mergulhar e experimentar sensações e texturas de uma arquitetura intemporal que compõem várias das minhas obras como o Espaço Cultural El Tanque (Tenerife, Ilhas Canárias), o Centro de Congressos do Morro Jable (Fuerteventura, Ilhas Canárias), a Torre Agora Garden (Taiwan) e o Magma Arte & Congressos (Tenerife, Ilhas Canárias). No teto, a maquete acústica do Auditório de Torun encabeça a instalação, envolvendo o espectador num jogo de espaços e formas moldadas de concreto. A textura deste material enfatiza-se através de um trabalho artesanal, criando cheios e vazios.

A instalação que apresentamos nesta edição da Bienal de Veneza tem a força telúrica que inspira os meus projetos, fruto da origem vulcânica do lugar de onde venho, a ilha de Tenerife, que pertence ao Arquipélago das Canárias, um território espanhol, que é um ponto de confluência da Europa, África, e América, um ponto de fusão de culturas, história e intercâmbio constante. Este apego à paisagem a que pertenço gera a obra que realizo, como um vulcão em erupção permanente, pensada desde a emoção e projetado desde a razão.

sobre o autor

Fernando Menis é arquitecto, presidente da Associação Laboratório de Inovação Turística Arquitectura, Desenho Avançado de Canárias e professor em distintas universidades internacionais como Harvard, Universidade de Colombia, Paris ESA ou Berlim TU, entre outras. Igualmente, concede habitualmente conferências sobre arquitectura em Escolas e Universidades de todo o mundo. A sua obra arquitectónica caracteriza-se pela projecção da razão e da emoção, a fusão da arquitectura verde com o património cultural e natural de cada paisagem, com o qual conquistou vários prémios, como os prémios WAF (este ano foi seleccionado outra vez para este prémio que se irá celebrar em outubro em Singapura).

ficha tecnica

Into the Wall

Bienal de Veneza – Pavilhão de Espanha

29 de agosto – 25 de novembro de 2012

arquitecto
Fernando Menis

equipe
Victor Lledó, Moritz Krefter, Dulce Xerach

equipe de apoio
Gisela Neves, Javier López, Fabian Scholz, Cristina Hernán, Domingo Pérez Carrillo y José UEM (Universidade Europeia de Madrid)

oficina
Emilia Brulinska, Bernardo Ramírez, Manolo Devesa, Javier Espilez, Juan Bercedo, Juan Enrique Saiz, María Ibañez, Beatriz Inglés, Pedro Cerdá, Martínez Segovia, Jacek Lenart, Jaume Cassanyier, Karolina Misiak, Zuzana Tomecková

colaboradores
FOAMGLAS, Schoeck, LAFARGE, König Stahl (Jansen), Sanitec Koło

materiais
Madeira de pinho, Foamglas, Schoeck, Concreto

Into the wall, de Fernando Menis

Into the wall, de Fernando Menis

 

comments

060.09 bienal de veneza
abstracts
how to quote

languages

original: português

outros: español

share

060

060.01 exposição

Arqueologia do futuro

A fotografia de Andrei Loginov

Guilherme Bueno

060.02 cultura

Por uma política municipal de cultura

Antônio Luiz M. de Andrade (Almandrade)

060.03 ecologia

Arquitetura sustentável

Os diferentes conceitos no cenário brasileiro e internacional

Alexandra Albuquerque Maciel

060.04 exposição

Tannuri

Tensão no frágil, pressão no sólido

Paulo Sergio Duarte

060.05 arquiteto

El artículo

El arquitecto rosarino Jorge Scrimaglio

Luis Corrales

060.06 literatura

A saga ambígua da cidade sagaz

Versos quebrados de um cego que quer ver a luz no fim da rua

Jayme Wesley de Lima

060.07 norma

Conforto acústico

Norma de desempenho para unidades habitacionais

Davi Akkerman

060.08 bienal de veneza

El cabaret de los hipócritas

Fredy Massad

newspaper


© 2000–2022 Vitruvius
All rights reserved

The sources are always responsible for the accuracy of the information provided