Your browser is out-of-date.

In order to have a more interesting navigation, we suggest upgrading your browser, clicking in one of the following links.
All browsers are free and easy to install.

 
  • in vitruvius
    • in magazines
    • in journal
  • \/
  •  

research

magazines

drops ISSN 2175-6716

abstracts

português
O setor da Reserva Ecológica, localizada na costa sul da cidade, representa hoje um dos focos de maior potencialidade para um futuro desenvolvimento metropolitano na área central de Buenos Aires.

how to quote

WISNIVESKY, Diego. Reserva ecológica de Buenos Aires. Natural X Artificial. Drops, São Paulo, ano 01, n. 001.06, Vitruvius, out. 2000 <https://vitruvius.com.br/revistas/read/drops/01.001/1562>.



O setor da Reserva Ecológica, localizada na costa sul da cidade, representa hoje um dos focos de maior potencialidade para um futuro desenvolvimento metropolitano na área central de Buenos Aires.

Este fragmento de território, que surgiu devido aos constantes aterros para aumentar a profundidade do rio e maximizar a entrada de embarcações no setor de Puerto Madero, é o cenário para o desenvolvimento de um trabalho de investigação e projeto, coordenado pelo arquiteto Alberto Varas e desenvolvido com a sua equipe de projeto.

Trata-se da configuração de novos fragmentos metropolitanos próximos à área central da cidade, através da recuperação de infra-estruturas abandonadas e o protagonismo do espaço público como articulador do espaço construído e o território natural preservado.

Este estudo da compreensão do espaço, de análise e projeto de modelos metropolitanos a respeito de um estado atual da cidade, está apresentado no livro "Buenos Aires: Natural X Artificial", lançado no início do mês de outubro, no Museu de Belas Artes, em Buenos Aires.

"A idéia central que se estende ao longo da elaboração dos modelos é a de uma articulação integrada ao espaço da Reserva Ecológica com o espaço urbano de Buenos Aires. É uma possibilidade que poderia ser alcançada preservando muitas das características biológicas e naturais que são próprias da Reserva, porém fazendo com que sejam compatíveis com outras atividades educativas e recreativas, com sistemas de acessibilidade externas e internas e dotando esse lugar das comodidades funcionais e oportunidades paisagísticas que exige a sua posição privilegiada entre a cidade e o rio..." [Buenos Aires: natural X artificial]

Diego Wisnivesky, Buenos Aires Argentina

 

comments

newspaper


© 2000–2021 Vitruvius
All rights reserved

The sources are always responsible for the accuracy of the information provided