Your browser is out-of-date.

In order to have a more interesting navigation, we suggest upgrading your browser, clicking in one of the following links.
All browsers are free and easy to install.

 
  • in vitruvius
    • in magazines
    • in journal
  • \/
  •  

research

magazines

drops ISSN 2175-6716

abstracts

português
A curadora da mostra, a arquiteta e professora Margareth da Silva Pereira, comenta a Mostra “1908 – Um Brasil em exposição”, aberta de de 09 de abril a 29 de maio de 2011 na Caixa Cultural São Paulo

how to quote

PEREIRA, Margareth da Silva. 1908: Um Brasil em exposição. Drops, São Paulo, ano 11, n. 044.02, Vitruvius, maio 2011 <https://vitruvius.com.br/revistas/read/drops/11.044/3872>.



O Brasil vive hoje um novo momento de afirmação de sua importância no plano internacional. Entretanto, a história do país e de suas cidades exibem, desde o século XIX, momentos e situações comparáveis. A abertura dos portos em 1808 e a proclamação da Independência em 1822 – ao representarem o fim do pacto colonial – deram início à inserção do Brasil em uma rede de relações com diferentes povos e delinearam um campo de lutas econômicas e políticas no interior do qual o país vem construindo e reatualizando sua identidade.

Com a mostra 1908 – Um Brasil em Exposição (1) a Caixa permite-nos contemplar um momento forte nesse processo: as comemorações do primeiro centenário da abertura dos portos com a realização da chamada Exposição Nacional de 1908, realizada no Rio de Janeiro. Esse evento foi como um grand finale de um século de interações do Brasil com um mundo cada vez mais urbano e cosmopolita. A nova imagem do país havia começado a se afirmar com o fim da escravidão, com a Proclamação da República e com as grandes obras de reforma da Capital Federal, realizadas entre 1902-1906. A Exposição Nacional de 1908 respondeu a um desafio mais ambicioso: realizar um "inventário" capaz de mostrar para os próprios brasileiros o desenvolvimento do país.

O balanço foi surpreendente: além do Governo Federal e da Prefeitura do Distrito Federal, todos os estados da Federação organizaram pavilhões ou estandes exibindo seus avanços culturais e econômicos em álbuns, fotografias ou catálogos. Das palavras aos comportamentos: tanto a cultura brasileira moderna quanto muitos dos seus desafios contemporâneos se encontram delineados nessa mostra efêmera que celebrou valores duradouros.

nota

1
Mostra “1908 – Um Brasil em Exposição”, de de 09 de abril a 29 de maio de 2011. Caixa Cultural São Paulo (Sé), São Paulo

sobre a autora

Margareth da Silva Pereira, autora de livros e artigos sobre a história critica da arquitetura e do urbanismo no Brasil e Professora do Prourb FAU UFRJ, é curadora da mostra 1908 – Um Brasil em Exposição.

 

comments

newspaper


© 2000–2022 Vitruvius
All rights reserved

The sources are always responsible for the accuracy of the information provided