Your browser is out-of-date.

In order to have a more interesting navigation, we suggest upgrading your browser, clicking in one of the following links.
All browsers are free and easy to install.

 
  • in vitruvius
    • in magazines
    • in journal
  • \/
  •  

research

magazines

drops ISSN 2175-6716

abstracts

português
O assassinato de Marielle Franco, vereadora do Rio de Janeiro, militante da causa negra e contra a violência policial, causa indignação e perplexidade na nação brasileira.

how to quote

TOLEDO, Luiz Carlos. Os olhos de Marielle Franco. Drops, São Paulo, ano 18, n. 126.03, Vitruvius, mar. 2018 <https://vitruvius.com.br/revistas/read/drops/18.126/6913>.


Homenagem a Marielle Franco, pichação em poste de iluminação pública, São Paulo
Foto Abilio Guerra


Marielle, como explicar este luto, que me toma por inteiro desde teu assassinato?

Dentro dos milhares de votos que você recebeu, se encontrava o meu, votinho envergonhado de quem ainda não te conhecia e não havia resistido à pressão das mulheres da família para votar em você.

Aos poucos fui conhecendo o teu trabalho como parlamentar e me alegrando por não ter perdido o meu voto. Admirava tua capacidade de trabalho e a coragem de enfrentar os poderosos, representando e dando voz aos mais humildes, aqueles e aquelas que não tinham a oportunidade de se manifestar.

Para mim você representava o futuro! Marielle Deputada! Marielle Prefeita! Marielle Presidente, quem sabe!

Foi então que te conheci e aos teus olhos! Era segunda feira, dia das “ProvocaAções” na Casa de Estudos Urbanos, desta vez o tema da discussão era Feminismo, as provocadoras eram duas mulheres, uma branca e uma negra e, para minha surpresa, você apareceu.

Discreta, permaneceu em pé, o evento tinha começado e a pequena sala da Casa de Estudos Urbanos estava repleta. Eu, sentado na primeira fila, não percebi tua chegada, até que você falou.

Atraído pela tua fala torci-me na cadeira, sabendo que teria que enfrentar as dores da esclerose que me acompanha há dez anos.

Esqueci as dores, esqueci até mesmo o conteúdo da tua fala, várias vezes interrompida pelas palmas dos participantes, perdi-me nos teus olhos que brilhavam como faróis, iluminavam todos nós com o teu entusiasmo e energia.

Falavam a verdade e, a verdade que transparecia nos teus olhos, nos iluminava. Até hoje não sei a cor que tinham, seu intenso brilho não me permitiu sabe-lo.

Só sei é que neles me perdi, e isso não é pouco.

nota

NE – Marielle Franco, socióloga, feminista, militante dos direitos humanos e vereadora na capital carioca pelo PSOL, foi assassinada no dia 14 de março de 2018 no bairro do Estácio, na Região Central do Rio de Janeiro. Sua morte, e de seu motorista Anderson Pedro Gomes, tem indícios de execução.

sobre o autor

Luiz Carlos Toledo, arquiteto, mestre e doutor pelo PROARQ-UFRJ, diretor da Mayerhofer & Toledo Arquitetura, autor do Plano Diretor Sócio-Espacial da Rocinha (2006) e diretor da Casa de Estudos Urbanos. Recebeu do IAB-RJ o título de Arquiteto do Ano em 2009.

 

comments

newspaper


© 2000–2021 Vitruvius
All rights reserved

The sources are always responsible for the accuracy of the information provided