Your browser is out-of-date.

In order to have a more interesting navigation, we suggest upgrading your browser, clicking in one of the following links.
All browsers are free and easy to install.

 
  • in vitruvius
    • in magazines
    • in journal
  • \/
  •  

research

magazines

drops ISSN 2175-6716

abstracts

português
Ethel Leon comenta os bastidores dos concursos e premiações, quando os membros do júri são convidados a participar dos julgamentos sem as devidas condições de trabalho.

how to quote

LEON, Ethel. Sobre concursos e premiações. Drops, São Paulo, ano 19, n. 131.04, Vitruvius, ago. 2018 <https://vitruvius.com.br/revistas/read/drops/19.131/7089>.


Xeque-mate
Foto divulgação


Pode ser a idade, um pouco de cansaço, mas tenho recusado os convites para participar de júris de premiação de design.

Os convites são, muitas vezes, feitos de forma apressada e mal estabelecem os compromissos necessários para a realização do trabalho. Alguns contatos se estabelecem sem sequer mencionar quantos projetos ou produtos serão avaliados por cada jurado.

Apresentam-se as condições de avaliação como sendo excelentes e poupadoras de tempo: “tudo pode ser feito online”. Raramente se menciona a remuneração por esse trabalho. Dificilmente se abrem os nomes dos colegas jurados. Pouco frequentemente se conceitua o próprio prêmio: o que pretende, em que critérios está ancorado, qual seu sentido afinal.

No ano passado rejeitei um convite que me propunha avaliar 700 projetos online! Para avaliar 700 projetos eu precisaria, no mínimo, de 10 dias inteiros. Recusei: não posso dedicar 10 dias a um trabalho sem receber nada! Quando apresentei esse argumento aos organizadores, ouvi a seguinte resposta “Mas um dos membros do júri disse que resolve esses 700 projetos em 3 dias, no máximo”.

Quem dera eu tivesse tal competência e velocidade!

Há também a falaciosa sedução de “não precisar ir a reuniões nem encontrar ninguém”. Mas, retruco, a melhor parte de um processo de seleção é a discussão do júri. É ali que nos confrontamos, aprendemos, rimos, reconsideramos, conhecemos colegas.

Além da remuneração em dinheiro, que me parece importantíssima, garantia da disponibilidade do tempo de cada jurado e seu compromisso com o trabalho, o debate me parece fundamental em qualquer avaliação desse tipo.

Eu me pergunto se prêmios assim organizados, ganham alguma relevância. Sinceramente, espero que não!

Há alguns anos fui jurada num concurso de projetos de estudantes na Bienal de Design de St. Étienne. Cada jurado vinha de um país diferente e tivemos de travar belíssima discussão para confrontar nossos conceitos de design; qual o sentido de um concurso de estudantes; o que cada critério apresentado pela comissão de organização queria dizer... Por incrível que pareça, foi um dos júris mais tranquilos dos quais já participei, justamente por ter tido essa longa cota de conversa preliminar.

Até mesmo nossas diferenças – por exemplo, de países periféricos (eu como a única representante dos BRICs) e hegemônicos entraram na pauta. Tive discussão prolongada e quente com Goerges Labrèque, colega canadense. Rimos muito, ao final, quando concordamos, nós dois, com a seleção do primeiro lugar!

Foi fácil escrever os pareceres – aliás, defendo que cada projeto inscrito receba de volta, no mínimo, um parecer.

Exigências descabidas de alguém formado em período no qual o conhecimento era peça fundamental das avaliações. Bem diferente de nosso momento em que “influenciadores digitais” são os que nada sabem e apenas expõem seus lugares comuns...travestidos de experiências pessoais

sobre a autora

Ethel Leon é jornalista, pesquisadora e professora na área de história do design brasileiro.

 

comments

131.04 julgamento
abstracts
how to quote

languages

original: português

share

131

131.01 literatura

Pai

Wagner Schwartz

131.02 exposição

O feminino sombrio nas Harpias do século 21

Sobre a exposição de Fanny Feigenson e Maria Augusta Justi Pisani

Ana Gabriela Godinho Lima

131.03 exposição

Harpias de Maria Augusta Justi Pisani

Ruth Verde Zein

131.05 exposição

Sertão expandido

Sobre a exposição do artista plástico goiano Kboco

Maria Hirzman

131.06 exposição

Kuno Dannien

"Tempos modernos" da arquitetura

Betânia Brendle

131.07 homenagem

Paulo Casé (1931-2018)

Luiz Fernando Janot

131.08 projeto

Trilogia do corte paulista e o corte livre

Sesc Paulista, Sesc 24 de Maio, Instituto Moreira Salles e o contraponto de Angelo Bucci

Felipe SS Rodrigues

newspaper


© 2000–2021 Vitruvius
All rights reserved

The sources are always responsible for the accuracy of the information provided