Your browser is out-of-date.

In order to have a more interesting navigation, we suggest upgrading your browser, clicking in one of the following links.
All browsers are free and easy to install.

 
  • in vitruvius
    • in magazines
    • in journal
  • \/
  •  

research

magazines

my city ISSN 1982-9922

abstracts

português
O catalão Josep Maria Montaner, após explicar a importância internacional da sede do Ministério da Educação e Saúde Pública, afirma que sua venda à iniciativa privada é um ultraje e uma insensatez.

how to quote

MONTANER, Josep Maria. A venda do Palácio Capanema é um ultraje e uma insensatez. Carta aos arquitetos Carlos Eduardo Comas e Abilio Guerra. Minha Cidade, São Paulo, ano 22, n. 253.09, Vitruvius, ago. 2021 <https://vitruvius.com.br/revistas/read/minhacidade/21.253/8225>.


Ministério da Educação e Saúde Pública, Rio de Janeiro, 1936-1945. Arquitetos Lúcio Costa, Oscar Niemeyer, Affonso Eduardo Reidy, Jorge Moreira, Carlos Leão e Ernani Vasconcellos
Foto Nelson Kon [SEGRE, Roberto. Ministério da Educação e Saúde. Romano Guerra, 2013]


Hoje Palácio Capanema, o antigo Ministério da Educação e Saúde do Rio de Janeiro é uma obra emblemática da arquitetura do século 20. Na verdade, foi o primeiro edifício público moderno do planeta, demonstrando a grande capacidade criativa dos então jovens arquitetos brasileiros. Sob a influência de Le Corbusier, sim, mas de uma monumentalidade inesperada. Obra-prima de síntese, conjuga a colunata de sabor clássico com a modernidade de composição e movimento abstratos, de lançamentos axiais e encaminhamentos oblíquos, integrando arte e jardinagem. Ícone octogenário, é patrimônio que não pertence só aos brasileiros.

Patrimônio nos informa o dicionário, é herança. O patrimônio demarca e incorpora a história comum, e nenhum tipo de patrimônio é mais eficaz nesse sentido que o patrimônio arquitetônico. Mas a privatização do patrimônio arquitetônico ameaça a sua acessibilidade e transparência, o seu usufruto democrático, a sua persistência enquanto memória edificada que edifica.

Bem faz a lei brasileira que proíbe a alienação de bem público tombado, ou seja, reconhecido formalmente como patrimônio nacional. É o caso do Palácio Capanema. Vender um patrimônio significativo da história nacional é ilegal no Brasil. Mesmo que não fosse, por à venda o Palácio Capanema é já um ultraje, amostra da miséria cultural de um pensamento para o qual tudo é mercadoria e o mercado tudo decide e tudo consome.

Por à venda um patrimônio significativo da história universal é também insensatez, considerando que o valor do Palácio – obras de arte incluídas – está muito além do que o mercado pagaria. Espera-se que o ultraje não prospere e a insensatez se recolha. Mas antes prevenir do que remediar.

notas

NE 1 – o documento “Heritage under siege in Brazil – the Bolsonaro Government announced the auction sale of the Palácio Capanema in Rio, a modern architecture icon that was formerly the Ministry of Education building”, redigido pelo Docomomo Internacional e Brasil, pode ser lido e assinado no link <https://bit.ly/3D7bglQ>.

NE 2 – sobre o tema, veja a série de artigos:

CAU/BR, Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil; et. al. “O MEC não pode ser vendido!”. Manifesto contra ameaça de venda do Palácio Capanema. Drops, São Paulo, ano 21, n. 167.06, Vitruvius, ago. 2021 <https://vitruvius.com.br/revistas/read/drops/21.167/8203>.

COMAS, Carlos Eduardo. Equipamentos, documentos, monumentos, desgovernos. A desventura do Palácio Capanema. Minha Cidade, São Paulo, ano 21, n. 253.10, Vitruvius, ago. 2021 <https://vitruvius.com.br/revistas/read/minhacidade/21.253/8226>.

CURTIS, William J. R. A destruição da memória. Contra a privatização de um importante monumento histórico e cívico. Minha Cidade, São Paulo, ano 21, n. 253.07, Vitruvius, ago. 2021 <https://vitruvius.com.br/revistas/read/minhacidade/21.253/8220>.

DANOWSKI, Miriam. Memória ameaçada. Governo federal continua evasivo sobre o destino do Palácio Capanema. Minha Cidade, São Paulo, ano 22, n. 254.01, Vitruvius, set. 2021 <https://vitruvius.com.br/revistas/read/minhacidade/22.254/8239>.

FRAMPTON, Kenneth. Carta de Kenneth Frampton a Ana Tostões e Renato Gama-Rosa Costa, presidentes do Docomomo International e Brasil. Palácio Capanema em risco. Minha Cidade, São Paulo, ano 21, n. 253.06, Vitruvius, ago. 2021 <https://vitruvius.com.br/revistas/read/minhacidade/21.253/8218>.

HATOUM, Milton. Palácio Capanema. O difícil processo de alfabetização. Minha Cidade, São Paulo, ano 21, n. 253.12, Vitruvius, ago. 2021 <https://vitruvius.com.br/revistas/read/minhacidade/21.253/8234>.

LIERNUR, Jorge Francisco. Lembrete para autoridades sem memória, e sem juízo. O Palácio Capanema não é mercadoria. Minha Cidade, São Paulo, ano 21, n. 253.08, Vitruvius, ago. 2021 <https://vitruvius.com.br/revistas/read/minhacidade/21.253/8223>.

MONTANER, Josep Maria. A venda do Palácio Capanema é um ultraje e uma insensatez. Carta aos arquitetos Carlos Eduardo Comas e Abilio Guerra. Minha Cidade, São Paulo, ano 21, n. 253.09, Vitruvius, ago. 2021 <https://vitruvius.com.br/revistas/read/minhacidade/21.253/8225>.

ROLNIK, Raquel. Feirão de um sonho de país. Palácio Capanema à venda. Minha Cidade, São Paulo, ano 21, n. 253.03, Vitruvius, ago. 2021 <https://vitruvius.com.br/revistas/read/minhacidade/21.253/8204>.

SCHLEE, Andrey Rosenthal. Oportunidade perdida (mais uma...). Ignorância e ignorância assolam o Palácio Capanema. Minha Cidade, São Paulo, ano 21, n. 253.11, Vitruvius, ago. 2021 <https://vitruvius.com.br/revistas/read/minhacidade/21.253/8235>.

TOSTÕES, Ana; COSTA, Renato da Gama-Rosa; INTERNATIONAL, Docomomo; BRASIL, Docomomo. Patrimônio sob cerco no Brasil. Palácio Capanema à venda. Minha Cidade, São Paulo, ano 21, n. 253.04, Vitruvius, ago. 2021 <https://vitruvius.com.br/revistas/read/minhacidade/21.253/8216>.

sobre o autor

Josep Maria Montaner é arquiteto, historiador e professor. É professor catedrático da Escola Técnica Superior de Arquitetura de Barcelona. É autor de dezenas de livros, dentre eles Arquitectura y política (Gustavo Gili, 2011) e Arquitectura y crítica en Latinoamérica (Nobuko, 2011), com versão brasileira pela Romano Guerra Editora.

comments

253.09 Rio de Janeiro
abstracts
how to quote

languages

original: português

share

253

253.01 São Paulo

Anhangabaú

Uma praça nova assombrada pela velha pobreza

Celso Aparecido Sampaio

253.02 São Paulo

Cinemateca Brasileira

O fascínio do fracasso

Roberto Gervitz

253.03 Rio de Janeiro

MES à venda

Palácio Capanema à venda

Raquel Rolnik

253.04 Rio de Janeiro

Patrimônio sob cerco no Brasil

Palácio Capanema à venda

Ana Tostões, Renato da Gama-Rosa Costa, Docomomo International and Docomomo Brasil

253.05 São Paulo

Carta aberta sobre o Arquivo Histórico de São Paulo

Ana Maria de Almeida Camargo, Ana Célia Navarro de Andrade, Sonia Maria Troitiño Rodriguez and Marcelo Antônio Chaves

253.06 Rio de Janeiro

Carta de Kenneth Frampton a Ana Tostões e Renato Gama-Rosa Costa, presidentes do Docomomo International e Brasil

Palácio Capanema em risco

Kenneth Frampton

253.07 Rio de Janeiro

A destruição da memória

Contra a privatização de um importante monumento histórico e cívico

William J. R. Curtis

253.08 Rio de Janeiro

Lembrete para autoridades sem memória, e sem juízo

O Palácio Capanema não é mercadoria

Jorge Francisco Liernur

253.10 Rio de Janeiro

Equipamentos, documentos, monumentos, desgovernos

A desventura do Palácio Capanema

Carlos Eduardo Comas

253.11 Rio de Janeiro

Oportunidade perdida (mais uma...)

Ignorância e ignorância assolam o Palácio Capanema

Andrey Rosenthal Schlee

253.12 Rio de Janeiro

Palácio Capanema

O difícil processo de alfabetização

Milton Hatoum

newspaper


© 2000–2021 Vitruvius
All rights reserved

The sources are always responsible for the accuracy of the information provided