Your browser is out-of-date.

In order to have a more interesting navigation, we suggest upgrading your browser, clicking in one of the following links.
All browsers are free and easy to install.

 
  • in vitruvius
    • in magazines
    • in journal
  • \/
  •  

research

magazines

drops ISSN 2175-6716

abstracts

português
Gabriela Celani fala sobre o eCAADe, congresso europeu de ensino de CAD para arquitetura, realizado em 2007 na Faculdade de Arquitetura e Engenharia Civil da FH Wiesbaden, em Frankfurt, de 26 a 29 de setembro

english
Gabriela Celani talks about eCAADe, European Congress of teaching CAD for Architecture, held in 2007 at the School of Architecture and Civil Engineering FH Wiesbaden, Frankfurt, 26 to September 29

español
Gabriela Celani habla sobre el eCAADe, Congreso Europeo de Enseñanza de CAD para Arquitectura, realizado en 2007 la Facultad de Arquitectura e Ingeniería Civil de la FH Wiesbaden, en Frankfurt, desde el 26 al 29 de septiembre

how to quote

CELANI, Gabriela. eCAADe 2007. Tendências indicam projeto generativo e fabricação digital. Drops, São Paulo, ano 08, n. 021.01, Vitruvius, fev. 2008 <https://vitruvius.com.br/revistas/read/drops/08.021/1737>.


Figura 1: Animações usadas para definir a forma de uma membrana flexível, em trabalho apresentado por Earl Mark, da Universidade da Virginia


O congresso europeu de ensino de CAD para arquitetura, o eCAADe, foi realizado este ano na Faculdade de Arquitetura e Engenharia Civil da FH Wiesbaden, em Frankfurt, de 26 a 29 de setembro, organizado por Joachim Kieferle e Karen Ehlers.

Como já vem se tornando costume na maioria dos congressos de CAD, o eCAADe 07 foi precedido por workshops promovidos por duas grandes empresas da área, a Bentley e a AutoDesk, além de uma empresa nova, que ofereceram cursos gratuitos de seus programas paramétricos, respectivamente o Generative Components (ver na Drops 13.06 uma descrição do workshop desse software na matéria sobre o eCAADe 2005), o Revit e o Paracloud. Esse início, por si só, já demonstra a principal tendência na área de CAD – os programas paramétricos – e as duas diferentes versões em que eles são apresentados: como um pacote fechado, que é o caso do Revit, como um programa acessório, instalado sobre o programa principal, que é o caso do Generative Components, ou ainda como uma espécie de link entre um programa de CAD e um aplicativo de gerenciamento de dados, o Rhino e o Paracloud.

O congresso teve apenas dois conferencistas convidados, Alexander Rieck, da Alemanha, e Paul Seletsky, dos Estados Unidos, mas um enorme número de trabalhos científicos e participantes: 115 artigos publicados por 217 autores. Com o objetivo de extrair dos anais do congresso – um impressionante volume com quase mil páginas – as principais tendências em pesquisa sobre CAD na arquitetura, os trabalhos publicados foram agrupados em cinco categorias principais, apresentadas no Gráfico 1. A porcentagem de trabalhos representativos em cada categoria é relativa; a maioria dos trabalhos se insere em duas ou mais categorias, mas foram consideradas aqui apenas uma, ou no máximo duas, categorias principais para cada trabalho.

O Gráfico 1 mostra que a tendência principal de pesquisa continuam sendo o projeto generativo e os métodos computacionais de geração da forma, como já vem acontecendo nos últimos congressos de CAD na Europa e até mesmo na América Latina (ver Drops 18.7 matéria sobre o SIGRADI 2006). Esse tipo de pesquisa, contudo, ainda se encontra em uma fase incipiente, com poucos projetos concretizados por arquitetos “do mundo real”, mas com uma intensa aplicação na formação acadêmica da nova geração de arquitetos. Dentre os paradigmas propostas como geradores de forma arquitetônica, aparecem desde o uso de efeitos especiais e técnicas de animação digital (Figura 1), até o uso de métodos heurísticos de otimização (Figura 2). Os métodos propostos nos trabalhos de Mark e de Rüdenauer e Dohmen, por exemplo, resultam em formas bastante complexas, que foram posteriormente prototipadas ou produzidas em escala real por processos de fabricação digital.

A grande porcentagem de trabalhos da segunda categoria (simulação, avaliação e modelagem) se justifica pelo tema do congresso, “Predicting the future”, e demonstra uma convergência dos sistemas de simulação e avaliação com os sistemas de representação e fabricação digital. O tema educação e teoria manteve a proporção de 15%, já esperada por se tratar de um congresso sobre educação em CAD. Nesse grupo foi particularmente interessante observar a grande discrepância existente entre o ensino do CAD em países muito avançados, como a Suiça, e em outros em que a introdução da informática no ensino de arquitetura é bem mais recente, como na República Tcheca.

Uma área de pesquisa que chamou a atenção pelo seu grande crescimento em relação aos últimos anos foi a de fabricação digital, com 13,5% dos trabalhos apresentados, além de participações secundárias em trabalhos agrupados em outras categorias no Gráfico 1. Nessa área o que chama mais a atenção é a mudança de foco do uso da prototipagem rápida na fabricação de maquetes para o uso de técnicas de fabricação digital em protótipos em escala real. As máquinas de controle numérico (CNC), que podem ser usadas para esculpir blocos de madeira, cortar placas de metal, encurvar tubos de aço (Figura 3) e perfurar placas de concreto a partir de modelos digitais, já são usadas em diversos países, inclusive no Brasil, em marcenarias e estaleiros navais, mas ainda têm pouca aplicação na construção civil. O número de trabalhos nas áreas de projeto colaborativo e ambientes virtuais, por outro lado, tem diminuído progressivamente nos últimos congressos, à medida em que esse tipo de ambiente vai se incorporando ao cotidiano dos arquitetos e deixando de ser uma novidade.

No encerramento do congresso os poucos brasileiros presentes (cerca de quatro) tiveram uma agradável surpresa: dos dois trabalhos premiados pela organização do evento, um deles foi desenvolvido por brasileiros. Trata-se do trabalho intitulado CityZoom: A visualization tool for the assessment of planning regulations, desenvolvido na UFRGS por Benamy Turkienicz, Barbara Bellaver e Pablo Grazziotin, e apresentado por este último. Parabéns a eles, que mostraram à Europa que aqui também se faz pesquisa de qualidade na área de CAD!

agradecimentos

Gabriela Celani participou do ECAADE com o apoio da FAPESP, que financia seu projeto de pesquisa do programa Jovens Pesquisadores.

sobre o autor

Professora adjunta da Faculdade de Engenharia civil, Arquitetura e Urbanismo da UNICAMP; Coordenadora do Laboratório de Prototipagem para Arquitetura e Construção (LAPAC).

Gabriela Celani, Campinas SP Brasil

Gráfico 1: Porcentagens de trabalhos apresentados em cada uma das principais categorias observadas

Figura 2: Projeto de um abrigo alpino cuja forma foi definida com o auxílio de software de análise estrutural. Trabalho apresentado por Kai Rüdenauer e Philipp Dohmen, da ETHZurich

Figura 3: Estrutura tubular dobrada automaticamente a partir de modelo digital de NURBS com máquina de controle numérico. Trabalho apresentado por Dillenburger et al., da ETHZurich

 

comments

021.01
abstracts
how to quote

languages

original: português

share

021

021.02

Contentor urbano

Fredy Massad and Alicia Guerrero Yeste

021.03

Traçares

O olhar de Celso Minozzi sobre o mundo

Celio Pimenta

021.04

Agora, a palavra casa

Exposição "Uma casa", de Carmela Gross

Paulo Sergio Duarte

021.05

Conselho de Arquitetura e Urbanismo

Outra visão histórica

Elza Kunze

021.06

O nome de Cuba

Sérgio Valdés Bernal

021.07

Oscar Niemeyer

100 anos de prática e magia na arquitetura

João Suplicy

021.08

Oscar Niemeyer

Comunismo e judaísmo

Vittorio Corinaldi

021.09

Richard Rogers + Architectes

Exposição no Centro Pompidou de Paris

Adalberto Retto Jr.

newspaper


© 2000–2021 Vitruvius
All rights reserved

The sources are always responsible for the accuracy of the information provided