Your browser is out-of-date.

In order to have a more interesting navigation, we suggest upgrading your browser, clicking in one of the following links.
All browsers are free and easy to install.

 
  • in vitruvius
    • in magazines
    • in journal
  • \/
  •  

research

magazines

projects ISSN 2595-4245


abstracts

how to quote

PORTAL VITRUVIUS. Centro de Referência em Empreendedorismo do Sebrae-MG. Concurso Público para Contratação de Projeto de Arquitetura. Projetos, São Paulo, ano 08, n. 096.01, Vitruvius, dez. 2008 <https://vitruvius.com.br/revistas/read/projetos/08.096/2934>.


Conceito e partido

O conceito por trás do sistema de atendimento direcionado ao público alvo do Sebrae é simplesmente caracterizado pela palavra integração. No caso deste novo centro de referência, a aplicação do amplo significado desta palavra é sobre o operacional, ou seja, sobre como será a articulação dos espaços e setores interessantes tanto ao funcionário quanto ao cliente.

A utilização de forma intuitiva dos ambientes internos se põe como intencional nesta proposta, o que confere à mesma, uma conexão visual ente os espaços. Isto gera uma sensação de estar em um único espaço onde tudo acontece tanto no exterior quanto no interior do edifício.

Assim como o Sebrae propõe sobre seu sistema de atendimento, a inovação deste edifício para com as necessidades da empresa se inicia no primeiro instante em que se adentra no mesmo, pois há um vislumbre de todo espaço construído e possibilidades de percursos internos.

Um cliente que entra a partir da recepção, pelo foyer ou sala de espera e estar, já contempla os caminhos a serem percorridos nos próximos segundos, pois o espaço é disposto de tal maneira que possibilita fácil leitura.

Descrição do projeto

Para confeccionar este projeto, foi preciso perceber vários fatores dados pelo terreno: a presença de vegetação tropical de idade avançada (complicada aprovação de remoção ou transplante), desnível substancial entre as ruas, grande extensão de fachada.

Optou-se pela manutenção de grande parte das árvores mais importantes do terreno e transplante de outras espécies menores. Isto contribui tanto para a preservação da flora original quanto para créditos à imagem do Sebrae no âmbito atual de sustentabilidade. O projeto foi dividido em duas áreas que se relacionam através de um átrio onde há a articulação e visualização das demais áreas do terreno e de interiores.

A presença de edifícios já construídos e a necessidade de interligação dita premissas para a orientação e fluxos do novo edifício.

A configuração em blocos possibilitou a concordância espacial dos edifícios.

A velocidade de 12 meses da construção, determinada pelo sistema construtivo, pode ser atingida pela pré-fabricação dos elementos estruturais e de vedação.

Achou-se ideal que as fundações e contenções (talvez paredes diafragma) fossem em concreto para o início da obra e a superestrutura em aço, pois preserva a razão entre a altura total do edifício e pé-direito dos pavimentos operacionais, gerando uma altura de piso a piso mínima de 3,80m considerando o espaço necessário às instalações em forro e piso elevado. As vedações internas poderão ser em drywall ou alvenaria senso que as externas poderão ser em lajes alveolares.

A questão da eco eficiência fica aliada ao sistema integrado de brises, fachadas e ar condicionado.

Como o terreno determina a orientação longitudinal do edifício, as fachadas mais alongadas se orientam para o leste e oeste.

O próprio sistema de brises verticais nas fachadas leste e oeste serve de estruturação para os painéis de fachada que também contribuem para controle de insolação.

O sistema de ar condicionado servirá de apoio para o controle solar e ventilação, pois existe um fluxo natural (de convecção) de ar no átrio entre os blocos e um 'furo' nas lajes do edifício mais profundo que contribui tanto para a iluminação natural (economia de energia) quanto para a exaustão natural de ar quente ou viciado.

A área verde e permeável ao redor do átrio supre o fluxo de ar quente que sobe e repõe com ar fresco que vem das praças arborizadas.

Visual

A idéia principal presente no visual interno e externo do edifício é a comparação do sistema Sebrae com uma placa de circuitos integrados, remetendo sua atuação do mercado da informação e formação de profissionais qualificados para o mundo empreendedor.

Para que o observador ou usuário tenha a sensação de que está entrando ou apenas passando por um edifício de visual tecnologicamente avançado, as fachadas se relacionam entre as duas ruas que encerram o terreno. Ambas criam a ilusão óptica de velocidade e acuracidade com um sistema de brises e vedações intercaladas aleatoriamente atendendo ao mesmo tempo à necessidade de transmitir a sensação de tecnologia e às demandas climáticas de orientação solar.

ficha técnica

Autor: Arquiteto Érico Flumignan Pacheco

source
Arquiteto Érico Flumignan Pacheco
São Paulo SP Brasil

comments

096.01 Concurso
abstracts
how to quote

languages

original: português

source

share

096

newspaper


© 2000–2021 Vitruvius
All rights reserved

The sources are always responsible for the accuracy of the information provided