Your browser is out-of-date.

In order to have a more interesting navigation, we suggest upgrading your browser, clicking in one of the following links.
All browsers are free and easy to install.

 
  • in vitruvius
    • in magazines
    • in journal
  • \/
  •  

research

magazines

interview ISSN 2175-6708

abstracts

português
Entrevista de Helio Herbst com Guimar Morelo, que participou da montagem da I Bienal do Museu de Arte Moderna de São Paulo, encerrando sua carreira como chefe de montagem da Fundação Bienal de São Paulo.

how to quote

HERBST, Helio. A montagem das primeiras bienais: improviso e superação. Lembranças de Guimar Morelo. Entrevista, São Paulo, ano 22, n. 088.02, Vitruvius, nov. 2021 <https://vitruvius.com.br/revistas/read/entrevista/22.088/8324>.


Guimar Morelo organizando a sinalização das salas da I Bienal do MAM/SP, 1951
Foto Peter Scheier [COSTA, Francisco. Senhor Bienal. In: Guia das Artes, São Paulo, ano 4, n. 16, 1989, p. 57]

Guimar Morelo

Em 1949, aos dezesseis anos, Guimar Morelo (1933-2001) começou a trabalhar como montador no MAM/SP. Em 1951, integrou a equipe de montagem da primeira Bienal, no Belvedere do Trianon. Participou da segunda Bienal no Parque Ibirapuera e em poucos anos tornou-se chefe de montagem e responsável pela manutenção das instalações da Fundação Bienal. Por volta de 1957, criou um dispositivo, conhecido como “carrinho”, para auxiliar na instalação de obras bidimensionais, com o qual tornou-se conhecido mundo afora. Foi proprietário da Galeria Guimar, na capital paulista, além de contribuir em todas as Bienais de São Paulo realizadas até 2001, ano do seu falecimento.

[Fonte: MESQUITA, Ivo. Guimar Morelo. In: Catálogo da 28ª Bienal de São Paulo. São Paulo, Fundação Bienal de São Paulo, 2008, p. 18.]

Helio Herbst

Arquiteto e Urbanista (1990), especialista (1996), mestre (2002) e doutor em Teoria e História da Arquitetura (2007) pela FAU/USP, instituição em que desenvolve pós-doutorado (2021). Professor associado na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Estuda temas relacionados à historiografia da Arquitetura Moderna Brasileira, tendo na etapa de mestrado e doutorado elaborado investigação sobre as cinco primeiras edições das Exposições Internacionais de Arquitetura (1951-1959). As mostras, realizadas em paralelo às Bienais do MAM/SP, no recorte selecionado, antecedem as atuais Bienais Internacionais de Arquitetura.

Entrevista

A entrevista ocorreu no dia 24 de janeiro de 1996 no Palácio das Indústrias, Parque do Ibirapuera, São Paulo.

Pesquisa

A entrevista com Guimar Morello foi publicada originalmente como anexo no seguinte trabalho: HERBST, Helio. O Pavilhão do Trianon da I Bienal do Museu de Arte Moderna de São Paulo. Aperfeiçoamento da Atividade Científica CNPq. Orientadora Maria Cecília França Lourenço. São Paulo, FAU USP, 1996.

comments

088.02
abstracts
how to quote

languages

original: português

share

088

088.01

Dez anos sem Fábio Penteado

Ivo Renato Giroto

newspaper


© 2000–2021 Vitruvius
All rights reserved

The sources are always responsible for the accuracy of the information provided